Associação amplia ajuda à Estação Especial

0
509

Foto:

Lu Alckmin ao centro com Nakaharada e participantes do café

RENATA DE GRANDE REPÓRTER

Na terça-feira passada, 18 de janeiro, a Associação dos Amigos da Estação Especial da Lapa, promoveu um café da manhã com a Presidenta do Fundo Social ao Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo (Fussesp), Maria Lúcia Alckmin.
O evento, realizado nas dependências da entidade, teve como objetivo dar início as atividades de 2005 e fomentar os trabalhos desenvolvidos pelo Centro de Convivência e Desenvolvimento Humano.
Na cerimônia foram reunidas diversas lideranças e grupos da comunidade, em sua maioria mulheres ativas e empresárias. Os clubes tais como Rotary, Lions, Associação Comercial de São Paulo –Distrital Lapa, Conselho da Mulher Empreendedora da ACSP-Lapa, (ACSP-Lapa), Asfarla (Associação das Famílias de Rotarianos da Lapa – Asfarla, Ciesp-Oeste- Distrital Lapa, OAB- Lapa, Agiro, entre outros da região.
Para a diretora da entidade Vera Lúcia Rodrigues Alves, reunir mulheres de tantas entidades motivadas pelo mesmo ideal, é fundamental. “É de extrema importância divulgar os trabalhos feitos aqui na Estação Especial da Lapa e, poder contar com o apoio de tantas entidades da região, sozinho a gente não consegue nada”, declarou a diretora.
Num discurso emocionado a primeira-dama do Estado, Maria Lúcia Alckmin, também agradeceu a participação ativa dos grupos ali presentes, e reafirmou o compromisso da continuidade nos projetos da Estação Especial da Lapa. “Fico muito feliz ver que a Lapa é unida. Num evento como este tantas mulheres envolvidas com o trabalho social da Estação. A aqui não é um depósito de gente e sim um lugar onde pessoas especiais recebem carinho, amor e atenção. Eu não fiz nada sozinha, dei continuidade ao trabalho já iniciado. É preciso melhor a cada dia, esse é o meu objetivo”, afirmou presidenta do Fussesp.

Três mil novas vagas
A Estação Especial da Lapa abriu as inscrições para as mais de três mil vagas em diversas atividades culturais, esportivas e cursos profissionalizantes gratuitos. Com 70% das vagas para pessoas com deficiência e 30% à comunidade carente em geral, as atividades serão desenvolvidas das 8 às 17h30.
As vagas disponíveis para as oficinas culturais são nas áreas de teatro de
animação, artes e acessórios, origami, arte e natureza, oficina tridimensional, criar e vivenciar no vagão Brasil, capoeira, bricolagem, marcenaria e marchetaria, sensibilidade musical, flauta doce, horta e jardinagem, plantando a preservação, expressão tridimensional em cerâmica, visualidade poética do barro e dos
sentidos, objetos em madeira, contando histórias, folclore e teatro,
percussão, violão e oficina da canção e banda, artes têxteis, tecelagem
manual, redescoberta do movimento através da dança, dança uma
possibilidade de comunicação, ação e transformação, interpretando a
expressão da dança, reciclagem e encadernação e cartonagem, entre
outras.
Já para os cursos profissionalizantes há vagas nas áreas de tapeçaria de móveis, informática, tricô à máquina, serviços administrativos, arte em couro, panificação e confeitaria, costura, telemarketing, elétrica, hidráulica, pintura entre outras. Os deficientes visuais que fazem cursos de informática aprendem em softwares totalmente adaptados, por meio do programa virtual vision. O espaço é aberto também para o acesso livre à internet. Os freqüentadores podem fazer trabalhos e digitar currículos no Infocentro. Ao chegar, o usuário preenche um termo de adesão e pode utilizar os computadores por 30 minutos.
O espaço para condicionamento físico e esporte adaptado oferece atividades nas seguintes modalidades: atletismo, basquete, caminhada, condicionamento físico, educação motora, futsal, ginástica rítmica desportiva, judô, natação, hidroterapia, ritmo e expressão e vôlei. Há também a oficina de libras (linguagens de sinais), Equoterapia, entre outras.
A Estação Especial da Lapa fica na rua Guaicurus, 1.274 – Lapa.
Inscrições e outras informações podem ser obtidas no telefone 3873-6760, de segunda a sexta-feira, das 8 às 16h30 ou no site www.fundosocial.sp.gov.br

COMPARTILHE
Próximo artigoPRESTIGIO

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA