Futuro de Boneli nas mãos do TRE

0
461

O presidente do Conselho das Associações Amigos de Bairro da Região da Lapa (Consabs), José Benedito Boneli Morelli, acompanha de perto a tramitação do processo que o PMDB move contra o vereador Milton Leite, acusado de infidelidade partidária por ter trocado de legenda, filiando-se ao DEM. Caso o Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) julgue procedente a ação, Boneli assume como vereador, pois atualmente é o primeiro suplente do PMDB na Câmara. “Tenho acompanhado a tramitação do processo, ele está disponível no site do TRE. O caso já passou por todas as etapas preliminares. Está agora nas mãos do juiz que deverá encaminhar o processo para julgamento em plenário”, conta Boneli.
O TRE tem julgado casos de infidelidade partidária de vereadores do interior paulista. Na sessão dia 6 de maio, o Tribunal acolheu pedido do Partido Socialista Brasileiro (PSB) e decretou a perda do mandato do vereador do município de Teodoro Sampaio, Edilson José Rodrigues (PTB). De acordo com o julgamento, Rodrigues foi eleito pelo PSB em 2004 e se desfiliou do partido em 8 de setembro de 2007, sem motivo que justificasse sua saída. Depois disso, o vereador se filiou ao PTB.
Na mesma sessão, o TRE rejeitou pedido do PV que pleiteava a cassação do vereador de Sertãozinho, Antonio César Peghini, também acusado de infidelidade partidária.

COMPARTILHE
Próximo artigoPRESTIGIO

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA