O bairro perde o Birello dos calçados

0
2722

Foto:

Erico Birello

O empresário Erico Birello morreu no último domingo, dia 2 de novembro. Famoso pela loja de calçados na Rua Guaicurus, Birello era muito querido no bairro, principalmente porque fazia parte da diretoria da Sociedade Beneficente União Fraterna há pelo menos 15 anos. Na Lapa, Birello morou na Rua Augusto de Miranda, na Avenida Santa Marina, além da Guaicurus. O empreendedor completou 90 anos no dia 9 de outubro. A missa de sétimo dia será celebrada na Capela Pedro Paulo, no Morumbi, neste domingo, a partir das 12h.
Segundo o filho Walter Birello, seu pai começou sua carreira profissional como lanterninha do Cine Metro, na Avenida São João, em 1931. Na época, ele tinha 18 anos e havia acabado de chegar de Jaú (interior de SP), onde nasceu.
Em 1945, Birello abriu uma fábrica de sapatos na Avenida Santa Marina. Sua primeira loja ficava logo em frente à manufatura. Quando a avenida foi fechada, o empresário decidiu inaugurar uma loja na Rua Guaicurus. Segundo Walter, em 1990, a fábrica foi transferida de São Paulo para uma unidade terceirizada em Franca (SP).
“Meu pai gostava muito de pescar no Mato Grosso, um hobby que ele não abria mão”, relembra Walter. Formado em Ciências Contábeis, ele trabalha na Birello há 46 anos, e agora é o único a tomar conta das 16 lojas espalhadas por Brasília, Curitiba, Campinas, Ribeirão Preto e São Paulo. Seu irmão, Haroldo, morreu há cerca de três anos.

COMPARTILHE
Próximo artigoPRESTIGIO

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA