Projeto para a Leopoldina

0
740

A região da Leopoldina é cada vez mais procurada para abrigar novos empreendimentos. Uma das novas instalações que deve ganhar o código de endereçamento leopoldi-nense é o Parque Tecno-lógico, que teve o protocolo de intenção assinado pelo Governo do Estado de São Paulo, Cláudio Lembo, e o prefeito, Gilberto Kassab, em novembro.
Segundo o Secretário Adjunto da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico, Sérgio Queiroz, o projeto da Capital faz parte do Sistema Paulista de Parques Tecno-lógicos que, prevê a instalação de mais quatro parques: em Campinas, São Carlos, São José dos Campos e Ribeirão Preto.
Cerca de R$ 6 milhões serão investidos no sistema financiado com recursos do governo paulista através de um projeto especial da Fapesp. “A assinatura do protocolo de intenção é a primeira etapa de um processo para a instalação do parque na cidade e formaliza os entendimentos entre o governo estadual e municipal”, explica ele.
A área que irá receber o investimento ainda não foi definida. “Existe apenas uma região em análise próxima à USP (Universidade São Paulo), entre o Jaguaré e Vila Leopoldina, que depende de uma Operação Urbana”, esclareceu Queiroz.

Desenvolvimento

De acordo com ele, a criação do Parque Tecnológico de São Paulo é um projeto de longo prazo e deve ser concluído em dez ou quinze anos.

COMPARTILHE
Próximo artigoPRESTIGIO

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA