União Fraterna na telona

0
374

Foto:

Maria Flor faz parte do elenco

Engana-se quem pensa que o salão da Sociedade Beneficente União Fraterna, localizado na rua Guaicurus, será reformado. Toda a movimentação em torno do prédio, construído no início da década de 30, é porque o salão foi transformado em cenário para as emoções do filme “Chega de Saudades”. Um longa-metragem produzido por Gullane Filmes e Buriti Filmes e dirigido por Laís Bodanzky, a mesma diretora do premiado Bicho de Sete Cabeças.
O filme começa quando o salão abre suas portas ainda com a luz do sol e termina junto com o baile, pouco antes da meia-noite, quando o último freqüentado desce as escadas.
“Chega de Saudade” trará histórias passadas dentro do baile, que serão permeadas de paixão, solidão, traições, ilusões e desilusões, contradizendo o senso comum de que os “adolescentes de cabelos brancos” são pessoas “em fim de linha”. A estréia do filme está prevista para o primeiro semestre de 2007.
Para o presidente do União Fraterna, João Montovani, o acordo com os produtores representa um marco para o clube. “As filmagens trouxeram benefícios. As janelas com isolamento acústicos permanecerão”, diz ele.

COMPARTILHE
Próximo artigoPRESTIGIO

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA