Reunião na ACSP Oeste discute ampliação do tombamento

0
787

Aconteceu na noite da terça-feira, 11, na Distrital Oeste da Associação Comercial de São Paulo, a reunião para tratar sobre a ampliação do tombamento de quadras na franja da City Lapa com os moradores da area demarcada. A iniciativa conta com o apoio do Consabs (Conselho das Associações de Amigos de Bairro da Região da Lapa) e da ACSP-Oeste. Antes disso, o grupo entregou aos proprietários de casas dos lotes uma carta explicando o que está em análise no Conpresp. Esta resolução deve influenciar em construções em vias como Avenida Mercedes, Rua Corrientes, Rua Visconde de Indaiatuba, Rua Presidente Antônio Cândido, Rua Sales Júnior, Rua Princesa Leopoldina, Rua Aliança Liberal, Rua Marquês de Paraná, Rua Jataí, Rua Passo da Pátria e Rua Schilling. Estes imóveis serão diretamente afetados com diversas restrições para a construção ou reforma, com ou sem aumento de área. “A nossa principal preocupação é que os proprietários dos imóveis desconhecem este processo. Na nossa avaliação é uma coisa absurda aprovar uma resolução dessa, que tem força de lei, sem que a população tenha chance de discutir. Por isso pedimos em 2014 uma audiência pública aqui na Subprefeitura à presidente do Conpresp”, explica Adaucto Durigan, ex-subprefeito da Lapa, que faz parte do grupo.

 

Segundo Durigan, a audiência deve ser marcada para fim de agosto ou início de setembro. Com o intuito de conversar com mais moradores, o grupo realiza outra reunião na terça-feira, 18, às 16h, na sede da ACSP-Oeste, na Rua Pio XI, 418, no Alto da Lapa. (BP)

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA