Imagem e Haicai, encontro de poesia e arte

0
2165

Está aberta para visitação no Memorial da América Latina a exposição Imagem e Haicai, que fica em cartaz até 30 de setembro na Biblioteca Latino-Americana com entrada gratuita de segunda a sexta-feira das 9h às 18h e no sábado até as 15h. A exposição reúne trabalhos de 60 artistas brasileiros de várias técnicas e tendências, que se inspiraram nas obras de 51 poetas nacionais e estrangeiros– entre os quais, nomes consagrados como Guimarães Rosa, Jorge Luiz Borges, Millor Fernandes, Garcia Lorca, Paulo Leminsky.

“Cada artista trabalhou com um ou dois haicais, deixando a emoção fluir em aquarelas, gravuras, pinturas, fotografias, técnicas mistas, instalações e vídeos, sem que a obra seja apenas uma ilustração do poema de origem”, explica Altina Felício, organizadora do evento, que tem curadoria do haicaista Carlos Roberto Bueno.

O haicai – Surgido no Japão, o haicai se origina do tanka, um tipo de poema curto, que predominava na arte poética do século XVI.  Significa “instante ou expressão poética” e sua forma obedece a composição fixa de três linhas, que soma 17 sílabas e tem como características: a brevidade, a concisão e a síntese. Seus mestres admiráveis influenciaram a produção poética não apenas no Brasil, mas também em outros países da América Latina como Uruguai, Chile, Argentina, Guatemala e México, representados nesta exposição.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA