Moradores pedem a prefeito regional retirada de ciclovia da City Lapa

2
2247

Foto: Bárbara Dantine

Bárbara Dantine
Vizinhos da Rua Tomé de Souza na City Lapa pedem retirada de ciclovia e Zona Azul

Um grupo de moradores e comerciantes da Rua Tomé de Souza e da Rua Coriolano se reuniu com o prefeito regional da Lapa, Carlos Fernandes, na quarta-feira, 15, para solicitar a retirada da ciclovia e zona azul, na área residencial da City Lapa, tombada pelo Patrimônio Histórico da Cidade.

Osvaldo Lucas lembrou que desde o início da instalação da ciclovia, na gestão do prefeito Fernando Haddad, a maioria dos moradores, estabelecimentos comerciais e clínicas do início da rua reclamam. “Mesmo passado mais de oito meses da implantação constata-se que o número de ciclistas é muito baixo, o que não justifica a ciclovia”, frisou Cláudio Alves Afonso que ainda destacou o problema dos idosos. “Vários deles têm problemas de mobilidade e necessitam embarcar em táxis ou ambulâncias para se locomover e fazer tratamento de saúde”, acrescentou.

Eles também querem a revisão da Zona Azul que avança pela área residencial. “Vários moradores já estão pensando em pagar o IPTU em juízo, o que dificultaria o acesso da prefeitura a esses impostos” alertou Afonso.

O prefeito regional lembrou de um Plano Cicloviário feito na sua época de subprefeito. “O plano foi feito junto com cicloativistas, mas o conceito da administração anterior era de estrangulamento do carro. Doria disse que vai mexer nisso. O secretário (Sérgio) Avelleda (de Mobilidade e Transporte) está constituindo uma comissão para fazer mudança onde a ciclovia é inviável e sem uso. Nenhum movimento será feito sem ouvir os moradores”, disse Fernandes que entrou em contato com o engenheiro da CET, João Felix, para marcar uma reunião com moradores para discutir o trecho da ciclovia.

2 COMENTÁRIOS

  1. Cês tão loucos? Vão tirar uma faixa reservada ao transporte ativo, saudável, eficiente e não poluente, tal qual é em toda e qualquer cidade que tem um povo civilizado pra voltar a ocupá-la com carros estacionados, que não contribuem em absolutamente nada com a mobilidade? E não contente ainda querem largar estacionados seus carros particulares no viário público de graça, sem pagar Zona Azul? Querem que a prefeitura dê leitinho quente na boquinha de vocês também? Desculpe, mas isso é pensamento de gente velha, cafona, jeca, individualista, elitista e incapaz de pensar a cidade de forma inclusiva e cidadã. Uma vergonha.

DEIXE UMA RESPOSTA