CET e moradores discutem ciclovia

0
1459

Foto: Maria Isabel Coelho

Maria Isabel Coelho
Grupo de moradores em reunião com prefeito regional e representante da CET

A retirada da ciclovia da Rua Tomé de Souza e a implantação de Zona Azul em área residencial foram o tema da reunião do prefeito regional Carlos Fernandes e o operador de trânsito da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), Reginaldo Alves Portella, com moradores da City Lapa, na terça-feira, 28.

O operador de trânsito da CET ouviu os argumentos dos moradores sobre a faixa exclusiva para ciclistas implantada pelo prefeito Fernando Haddad, antecessor de Doria, no ano passado. O sócio do Restaurante Nostra Gula, Claudio Afonso lembrou que a Tomé de Souza fica em uma zona residencial tombada e tem muitos idosos que precisam se locomover com táxi ou ambulância para tratamento de saúde. “Eles não podem parar o veículo para embarcar por causa da ciclovia”, disse Afonso. “A Zona Azul ia até o Laboratório Lavoisier (antes da primeira viela sentido Avenida Mercedes). Do lado de cá (onde ficam as residências) não tinha, mas foi implantada no ano passado depois que fizeram a ciclovia. Aqui quase não passa ciclista. Nunca tinha acidente, depois da ciclovia tivemos”, explicou.

O operador da CET disse que os argumentos serão levados à comissão especial que estuda as ciclovias e faixas de ônibus para a retirada de trechos que houver ociosidade. O prefeito também falou que os estudos da comissão vão indicar os locais onde as ciclovias devem permanecer.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA