Recrutas do quartel da Lapa morrem em treinamento

0
2389

Foto: Maria Isabel Coelho

Maria Isabel Coelho
Quartel cancela cerimônia de entrega das boinas aos recrutas por conta do incidente

Os três recrutas do 21º Depósito de Suprimento do Exército Brasileiro que morreram afogados no acampamento do centro de instrução de Barueri, na noite se segunda-feira, 24, são Jonathan Terella Cardoso Allah de 19 anos, Wesley da Hora dos Santos e Victor da Costa Ferreira, de 18 anos. Eles ingressaram no quartel do Exército, na Lapa, no começo do ano, e na segunda-feira partiram para o acampamento do centro de instrução de Barueri. Os recrutas faziam treinamento de localização na mata em grupo de quatro soldados. Um deles sobreviveu e chamou socorro.

No total, o quartel da Lapa enviou 154 recrutas para o centro de instruções do Exército em Barueri. A cerimônia marcada para a sexta-feira (28) de entrega de Boinas aos Recrutas, quando eles retornariam para o quartel da Lapa, foi cancelada. Segundo entrevista da mãe de Victor, Sandra da Costa Ferreira, ao Bom Dia SP da Rede Globo, seu filho pensou em desistir da carreira militar. “Foi muito rígido o tratamento com ele, muito rígido que por um momento ele queria desistir e muitas coisas aconteceram ali”, revelou Sandra. “Da última vez que falei com ele sobre esse assunto, ele disse que queria seguir carreira, que ele queria ter um futuro brilhante”, afirmou a mãe.

O Comando Militar do Sudeste do Exército informa que “no dia 24 de abril, por volta das 18h, três militares do 21º Depósito de Suprimentos (21 D Sup) se afogaram no lago existente em área de treinamento militar localizada em Barueri. Os militares estavam em instrução militar e participavam de atividade prevista no treinamento do combatente básico. Um Inquérito Policial Militar será instaurado para levantar as causas que levaram ao incidente”.
Os nomes das vítimas só foram divulgados pelo Exército após as famílias serem comunicadas sobre a ocorrência.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA