Conselho busca recursos para reforma do PS da Lapa

0
81

Foto: Bárbara Dantine

Bárbara Dantine
Conselho gestor do PS da Lapa

Na reunião do conselho gestor do PS da Lapa os conselheiros discutiram formas de se articular para conseguir recursos para o pronto-socorro. O prefeito João Doria visitou a unidade no dia 4 de outubro onde verificou a necessidade de macas, cadeiras de rodas, um equipamento de tomografia, e prometeu: “Vamos falar com o secretário da saúde a esse respeito e avaliar quando fazer uma reforma completa nesta unidade, neste PS do bairro da Lapa”. Porém, até o momento nada foi sinalizado sobre a execução das melhorias.

Os conselheiros discutiram formas para conseguir melhorias para o equipamento de saúde, e entre as mediadas está enviar uma lista de necessidades para a OAB Lapa, que se dispôs a ajudar. A conselheira Alexandra Swerts apontou que é preciso a elaboração de um projeto executivo, aprovado por um engenheiro da Secretaria Municipal de Saúde, para assim validar a destinação de recursos para a reforma. Com o fim do ano próximo, os conselheiros tambpém querem lutar para conseguir o encaminhamento de R$ 1 milhão, proveniente de emenda parlamentar, previsto no orçamento deste ano para a reforma do hospital.

Outra proposta discutida foi a de fazer parcerias com universidade da área de saúde para treinar estagiários no PS, e pedir recursos como contrapartida. Fernando Pereira, gerente do PS, explicou que dessas parcerias, apenas 30% da receita fica no hospital, e que atualmente a unidade só receber alunos de cursos técnicos. Outra questão abordada no encontro foi refrente a limpeza da área externa do PS, que segundo os conselheiros não tem entendimento entre as prefeituras regionais da Lapa e de Pinheiros sobre quem deveria executá-la.

O PS também recebeu uma visita de membros do CRM, por causa de uma sindicância no Ministério Público em relação as falhas estruturais, de RH e ausência de alvará da unidade. Mesmo com as pendências de segurança e acessibilidade, o pronto-socorro teve o alvará deferido pela Covisa este mês.  Foi anunciada pela diretora técnica do PS, Miriam Horta, uma parceria para os pacientes cardiológicos “O PS vai realizar uma parceria com o Incor para melhorias na rede de atenção de saúde cardiológica e estamos próximos de implantar o projeto”, afirma. Trata-se de um trabalho de pesquisa, com um equipamento portátil de eletrocardiograma que envia as imagens para médicos do Incor que darão o parecer se o caso é critico, e assim poderá ser realizado o agendamento de consultas e tratamentos de forma mais rápida.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA