Orçamento da Prefeitura Regional será maior em 2018

0
551

Foto: Divulgação / André Bueno

Divulgação / André Bueno
Os vereadores encerraram o ano legislativo com 36 votos favoráveis e 11 contrários ao segundo Substitutivo elaborado pela Comissão de Finanças e Orçamento

Com a votação do Projeto de Lei (PL) 686/2017, a LOA (Lei Orçamentária Anual), na madrugada de terça-feira (19), os vereadores encerraram o ano legislativo com 36 votos favoráveis e 11 contrários ao segundo Substitutivo elaborado pela Comissão de Finanças e Orçamento. A lei estabelece a previsão de R$ 56,3 bilhões de receita para o exercício de 2018. A Lapa, que tinha um orçamento previsto de R$ 31.930.958,00 conforme anunciado na Audiência Pública Regional realizada em outubro no Tendal da Lapa, contará com o novo valor de R$ 36.171.958,00.

Entre os vereadores que votaram contra o orçamento, está Gilberto Natalini (PV), que acredita que o valor previsto para o verde e meio ambiente está abaixo do necessário. Também foi votado o parecer sobre emendas parlamentares com valores previstos na região para o Tendal da Lapa, obras de acessibilidade, ações culturais, melhorias nos bairros, instalação de playground na Praça Nova Lapa e poda, remoção e manutenção de árvores. Na sessão foi aprovado o Projeto de Emenda à Lei Orgânica (PLO), que permite a aprovação do pagamento de 13º salário ao prefeito, seu vice e aos vereadores, com um impacto de quase R$ 1 milhão na Câmara e R$ 50 mil na Prefeitura. Quatro vereadores votaram contra o projeto, Janaína Lima (Novo), Fernando Holiday (DEM), Sâmia Bomfim e Toninho Vespoli (PSOL), e 42 vereadores aprovaram o PLO.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA