Carnaval de Rua e festas temáticas começam neste sábado

0
540

Foto: Divulgação / Rodrigues Photography

Divulgação / Rodrigues Photography
Desfile do bloco Passaram a Mão na Pompeia em 2017

Neste final de semana começam os desfiles de blocos do Carnaval de Rua 2018. A programação causou bastante discussão entre moradores, com envio de manifestações favoráveis e contrárias à Prefeitura Regional da Lapa sobre a realização de alguns eventos. Os blocos que vão desfilar foram cadastrados pela Comissão de Carnaval e os trajetos organizados em parceria com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). Os grupos aprovados contarão com estrutura e acompanhamento das equipes da Prefeitura para garantir a segurança e o conforto dos foliões, com banheiros químicos, ambulâncias, agentes vistores e de apoio. Seja para participar das festas ou fugir delas, confira a programação com as principais ruas por onde os blocos vão passar.

Sábado (3)

Mamãe Eu Quero – Bloco para crianças e familiares, com repertório infantil da Bateria Encantada e ritmistas fantasiados. O tema de 2018 é “Mamãe passou açúcar em mim”. Concentração às 10h e dispersão às 14h. Trajeto: Praça Irmãos Karmann, Rua José Donatelli e Rua Pedro da Costa.

Bloco Unidos do Inconsciente – Com marchinhas como “Não deixe Freud Morrer” e “Lacan não é fácil, não”, o bloco celebra o amor pela rua, pelo samba, pela psicanálise, uns pelos outros e pelo humor. Concentração às 10h e dispersão às 14h. Trajeto: Rua Edgard Cavalheiro e Praça Professor Lauro Tavares.

Passaram a Mão na Pompéia – Bloco tradicional organizado pelo Centro Cultural Pompéia, terá como tema “Viva Chacrinha”. Indicado para todas as idades. Concentração às 13h e dispersão às 19h. Trajeto: Rua Ministro Ferreira Alves, 305, Rua Caraíbas, Rua Coronel Melo de Oliveira, Rua Cotoxó e retorno à Rua Ministro Ferreira Alves.

Xaranga da Pompéia – Bloco na Vila Anglo Brasileira que conta com trio elétrico, banda, brinquedos infláveis para as crianças e barracas de alimentação. Concentração às 15h e dispersão às 20h. Trajeto: Praça Doutor Vicente Tramonte Garcia, passa por ruas Félix Della Rosa, Bica de Pedra, Mundo Novo, Estevão Barbosa e Ministro Sinézio Rocha.

Bloco Leopoldina – Um dos blocos que mais gerou discussão na comunidade. Organização vende abadás para ajudar nas despesas, mas uso não é obrigatório. Pedem também que os foliões levem 1 kg de alimento não perecível para doações a entidades locais, como a Casa do Pequeno Cidadão. Contará com ala musical da escola de samba Dragões da Real. Indicado para todas as idades. Concentração às 14h e dispersão às 20h. Trajeto: Rua Carlos Weber entre os números 988 e 426.

Boêmios da Ipojuca – Contará com concurso de fantasias, brinquedos para crianças e opções de alimentação. Também vende abadás. Concentração às 14h e dispersão às 20h. Trajeto: Praça Coronel Cipriano de Moraes em direção à Avenida Ricardo Medina Filho.

Galosamba – Bloco formado por torcedores do Clube Atlético Mineiro e amigos. Concentração às 14h e dispersão às 20h. Trajeto: Rua Dona Germaine Burchard, 283, entre ruas Dona Ana Pimentel e Melo Palheta

Domingo (4)

Sainha de Chita – Versão infantil do bloco Saia de Chita, com apresentações, brincadeiras e opções de alimentação. Concentração às 15h e dispersão às 20h. Trajeto: Praça Doutor Vicente Tramonte Garcia.

Não Tô Bem, Não Tô Bem 279 – Desfila pela terceira vez na Lapa e em 2018 faz uma homenagem a Tim Maia. Concentração às 16h e dispersão às 21h. Trajeto: Largo da Lapa e ruas Moxei, Alves Branco e Félix Guilhem. Moradores relataram preocupação com o bloco na reunião de zeladoria da Prefeitura Regional da Lapa e acreditam que, com a presença de bares no Largo da Lapa, horário de dispersão não será respeitado.

Pilantragi – Bloco faz parte das intervenções culturais do Coletivo Pilantragi, criado em 2012. A percussão conta com 50 integrantes, além da apresentação de sets dos DJs. Concentração às 13h30 e dispersão às 18h30. Trajeto: Avenida Professor Alfonso Bovero, 1107, ruas Bruxelas e Doutor Arnaldo.

Bloco de Empolgação Pitbull Banguela – Parte do coletivo Cia de Arte KNU. Em 2018 terá repertório formado por marchinhas das décadas de 1940 a 1970. Concentração às 15h e dispersão às 21h. Trajeto: Ruas Catão, Marcelina, Marco Aurélio, Bento de Abreu .

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA