Parceria entre prefeitura e Senac prevê qualificação e emprego na região

0
176

Foto: Bárbara Dantine

Bárbara Dantine
Carlos Fernandes assina parceria para bolsas de estudo

Carlos Fernandes, prefeito regional da Lapa, realizou um encontro na terça-feira (6) com a secretária de Trabalho e Empreendedorismo, Aline Cardoso, a secretária adjunta de Assistência e Desenvolvimento Social, Gitane Leão, a gerente da unidade do Senac da Rua Tito, Rosana Martins, e membros da supervisão de assistência social da região para discutir e assinar uma parceria para promover capacitação e empregos.

O projeto que será chamado de Lapa Oportunidades prevê inicialmente 90 bolsas de estudo integrais para o curso de auxiliar de escritório que será oferecido pelo Senac. Serão selecionadas pessoas através do CATe (Centro de Apoio ao Trabalhador) da Lapa, localizado dentro da prefeitura regional,  e acolhidos dos equipamentos de assistência social da região, CTA da Lapa de Baixo e Atende da Avenida Doutor Gastão Vidigal, para fazer a capacitação. Já a Secretaria Municipal de Trabalho e Empreendedorismo vai encaminhar esse público para oportunidades de emprego. “Nosso desafio é aumentar o índice de empregabilidade com um enfoque social, principalmente nas pessoas que são mais vulneráveis”, declara Carlos Fernandes.

Aline Cardoso afirma que cerca de dois milhões de pessoas procuram o atendimento do CATe no ano, mas além da crise que reduziu a oferta de vagas, muitos não conseguem empregos pela falta de qualificação. Outro fator comum é que parte desse público acaba sendo absorvido por agências de empregos, que inclusive abordam as pessoas que estão na fila de atendimento do CATe. “Temos muita demanda e esse tipo de parceria é fundamental para gerar renda e melhorar a empregabilidade. A Lapa pode ser referência com essa iniciativa que partiu da prefeitura regional”, afirma a secretária. Aline também falou sobre a necessidade de criar iniciativas para motivar os jovens, já que a chamada “geração nem-nem” (nem trabalha, nem estuda) chega hoje a 30%.

As equipes do Senac realizam na próxima semana uma palestra para os trabalhadores do CATe, de forma a promover uma sensibilização para o atendimento. Também será realizado um café da manhã com empresários da região para acolher as demandas e necessidades no que diz respeito à mão de obra. A previsão é que a primeira turma, com 45 alunos, comece as aulas no dia 9 de abril, na unidade de ensino da Rua Tito, no período vespertino. “Promover a educação e a responsabilidade social são parte da missão da instituição, então o projeto está em consonância com os nossos objetivos, com aquilo que a gente entende de desenvolvimento de pessoas e organizações”, declara Rosana Martins. O grupo deve se reunir novamente em junho para fazer um balanço do andamento do projeto e, com um resultado positivo, incluir novas turmas.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA