Viela Ema Ângelo Murari é revitalizada com grafite

0
206

Foto: Bárbara Dantine

Bárbara Dantine
Artistas participam de intervenção na Viela Ema Ângelo Murari

tas pela Lapa desde os dias 7 e 8 de abril. De forma semelhante ao que foi feito na Toca da Onça, a Prefeitura Regional da Lapa convidou mais de 40 artistas para participarem de uma ação na Viela Ema Ângelo Murari. O evento foi realizado para celebrar o Mês do Hip Hop, e contou com apoio da Secretaria Municipal de Cultura e do Tendal da Lapa.

Entre os artistas que participaram estão Jhonny, Pardal, Karen Kueia, Pina, Gatuno, Negana e OTM Crew, que fizeram desenhos de diversos estilos, com a participação dos alunos da oficina de grafite do Tendal da Lapa. A programação musical ficou por conta de diversos representantes do movimento Hip Hop, entre eles B. Boy Chileno, um dos maiores dançarinos de break do Brasil, e também da tradicional Corporação Musical Operária da Lapa, fundada em 1881, cuja sede fica ao lado da viela.

A revitalização do espaço com o grafite é um primeiro passo do trabalho para ocupar definitivamente os espaços públicos. “A nossa ideia é transformar a Lapa em um bairro de braços abertos para a cultura, e receber cultura de uma forma geral, não só o grafite, mas outras linguagens do hip hop, do samba, chorinho, da música popular, do maracatu, e ocupar as ruas e praças com arte, levar isso para onde a população está. O grafite revitaliza, dá uma nova cara, embeleza, e depois ocupa-se o espaço com outras atividades”, afirma Rafael Leite, assessor da Prefeitura Regional da Lapa e organizador da ação. Quem quiser conhecer as obras pode visitar a galeria a céu aberto que fica entre as ruas Roma e Joaquim Machado.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA