Estudo relaciona arborização e preço médio de imóveis

0
111

Foto: Bárbara Dantine

Bárbara Dantine
Árvores trazem benefícios na qualidade de vida e bolso da população

Um estudo realizado pelo Grupo Zap divulgado nas últimas semanas demonstra a relação entre a arborização nos bairros e o preço do metro quadrado dos imóveis. O bairro que ficou em primeiro lugar na análise é o Alto da Boa Vista, com cerca de 15 árvores a cada 100 metros e um preço médio de R$ 8.944,00/m². Já em último lugar está a Sé, com uma árvore a cada 100 metros e um preço de R$ 7.165,00/m², valor elevado se comparado com os outros da lista dos menos arborizados como Brasilândia (R$ 4.952,00/m²) e Cidade Tiradentes (R$ 3.995,00/m²), dado a sua localização central. A relação de árvores e preço de compra de imóveis nos bairros da região pode ser observada na tabela abaixo. Os benefícios de se ter ruas arborizadas vão desde melhorar a estabilidade climática, conforto ambiental, melhoria na qualidade do ar e na saúde física e mental da população.

Tabela

Porém, moradores frequentemente cobram a Prefeitura para a manutenção dos exemplares. Carlos Fernandes, prefeito regional da Lapa, anunciou na última reunião do Conseg Leopoldina que quando assumiu o cargo a fila de demandas para poda de árvores era na ordem de 14 mil e atualmente está próxima de 5.600. Em dezembro de 2017, a Prefeitura Regional da Lapa também iniciou as ações de combate à praga conhecida como erva-de-passarinho nos bairros do Sumaré e Pompeia. O hemiparasita se instala nas árvores para absorver os nutrientes da seiva, o que aos poucos leva os exemplares à morte. O trabalho foi iniciado a partir de um mapeamento das árvores infectadas desenvolvido pelos estagiários e engenheiros agrônomos da Unidade de Áreas Verdes da regional.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA