Moradores pedem audiência com secretário de cultura

0
316

Foto: Bárbara Dantine

Bárbara Dantine
Questões relacionadas ao Tendal da Lapa são discutidas no Conseg desde 2017

Na reunião do Conseg Lapa, realizada na segunda-feira (27), Paulo Favero, assessor do vereador Fábio Riva apresentou aos presentes os pontos de discussão da reunião que o parlamentar participou, na sexta-feira (24), com o secretário municipal de Cultura André Sturm, e a coordenadora do Tendal da Lapa Bel Toledo.

O encontro foi solicitado pelo vereador por causa das reclamações de moradores e oficineiros em relação à administração do centro cultural. Segundo Favero, o secretário tem acompanhado a situação e está disposto a participar de uma conversa com as pessoas que se sentiram prejudicadas. Flávia Maia, presidente do Conseg Lapa, afirma que reclamações do Tendal têm sido levadas ao conselho desde novembro de 2017.

Após diversas solicitações para um diálogo, Bel Toledo participou de uma reunião do Conseg no dia 30 de julho. O Conseg também enviou questionamentos à coordenação sobre a manutenção de oficinas, segurança, perturbação de sossego, reforma do Tendal e emendas parlamentares utilizadas no espaço. Segundo Flávia Maia, as perguntas foram respondidas parcialmente, e ao final do documento enviado ao conselho, consta que para informações mais detalhadas é preciso entrar em contato diretamente com a Secretaria de Cultura.

Do público presente no Conseg por conta do Tendal, todos aceitaram participar de uma audiência com Sturm. Paulo Favero afirma que o vereador Fábio Riva irá articular uma data para realizar o encontro.

Outros temas da reunião foram a implantação do programa Vizinhança Solidária na Avenida Ricardo Medina Filho, o agradecimento à Polícia pelas patrulhas no Largo da Lapa, de forma a coibir a perturbação do sossego causada pelo público de bares do local e a denúncia de um veículo modelo Volkswagen Up branco, que tem circulado pela região com a placa coberta e abordado mulheres.

Reforma do Tendal

Na reunião entre o secretário da Cultura, André Sturm, Bel Toledo, coordenadora do Tendal da Lapa, e o vereador Fábio Riva, um dos temas discutidos foi a reforma do espaço. Bel Toledo afirma que não há necessidade de resistência em relação as alocações de oficinas em outros equipamentos da região, pois as mudanças serão temporárias, apenas para manter o funcionamento das atividades e atendimento ao público captado no último ano. A previsão é que a obra seja realizada em 120 dias, a partir da emissão da ordem de serviço. Entre as intervenções previstas estão pintura, substituição de portas de madeira danificadas, troca de fechaduras de portas de oficinas e sanitários, novo piso e adequações nas salas, revisão das instalações elétricas com substituição da fiação, substituição de telhas, adequação de tomadas, aumento de pontos de iluminação, revisão das instalações hidráulicas, adequação do sanitário acessível, entre outras. O custo estimado é R$ R$ 380.224,08. Quem quiser conhecer todos os detalhes da reforma pode acessar o SEI! (Sistema Eletrônico de Informações) no site (https://sip.prefeitura.sp.gov.br) e procurar pelo número do processo (6025.2018/0007150-0).

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA