Realizações e pendências

0
1258

Fim de ano e o clima de finalização de ciclos e confraternizações já começa a tomar conta da região. Faltando pouco mais de vinte dias para 2019, é difícil esperar grandes acontecimentos.

Essa semana a Coordenadoria Regional de Saúde Oeste realizou uma homenagem a funcionários e parceiros por ações que tiveram êxito durante 2018. É louvável homenagear os trabalhadores que se dedicaram em diversas situações, como a verdadeira força-tarefa realizada pela UBS Parque da Lapa para atender as gigantescas filas durante a vacinação contra a febre amarela em janeiro.

Mas as celebrações não podem tirar o foco das questões ligadas à saúde na região. A UBS Vila Anastácio, por exemplo, foi homenageada por uma ação intersetorial com as equipes do Consultório na Rua, enquanto moradores e usuários lutam para manter o equipamento de saúde no bairro, após a ordem de despejo da unidade por um conflito jurídico que já dura anos entre os proprietários e administração.

Também está em discussão jurídica os caminhos para municipalizar o Hospital Sorocabana e, finalmente, dar sequência à sua reabertura. É fundamental ter leitos na região, uma vez que pacientes são transferidos para locais distantes ou ficam internados por um prazo maior que o previsto no PS da Lapa, que deveria realizar apenas o pronto atendimento.

Na Vila Ipojuca o debate continua em torno da instalação de uma carreta para atendimentos oftalmológicos no terreno do CDC City, cujo destino é abrigar a UBS do bairro, que hoje funciona na Vila Romana. Os moradores já manifestaram que o serviço de saúde é bem-vindo, mas questionam os motivos que levaram à escolha daquele terreno como único possível para receber a carreta, uma vez que precisará de intervenções com dinheiro de emendas parlamentares para um atendimento que é temporário e circula pela cidade.

E falando em emendas, os vereadores aprovaram na quinta-feira (6), em primeira votação, o Projeto de Lei 536/18 do Executivo, que estima a receita e fixa as despesas do Município para 2019. São R$ 60,5 bilhões que devemos acompanhar para que sejam investidos nos lugares mais importantes.

Na região, Carlos Fernandes apresenta na próxima quarta-feira (12) a execução orçamentária da Subprefeitura da Lapa na reunião do Conselho Participativo Municipal. É importante a presença da população para entender como funciona o orçamento e fazer uma retrospectiva do que aconteceu em 2018. Da mesma forma que acontece com as metas pessoais, devemos estabelecer quais serão as cobranças do próximo ano.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA