Região recebe atividades da Virada Sustentável

0
714

Foto: Bárbara Dantine

Bárbara Dantine
Passeio ciclístico iniciou atividades da Virada Sustentável na Vila Leopoldina

O meio ambiente está em pauta no cenário nacional e a 9ª edição da Virada Sustentável oferece diversas atividades para que a população possa contribuir com melhorias para o planeta de uma forma que está ao alcance, começando pelo seu próprio bairro.
A programação na cidade conta com shows, exposições, palestras, aulas de meditação, dança, cinema e teatro, tudo ligado a temas como biodiversidade, cidadania, mobilidade urbana, água, direito à cidade, mudanças climáticas, consumo consciente e economia verde.

A Subprefeitura Lapa é a única que participará não só com o apoio, mas como organizadora de dois eventos. No sábado (24) acontece a segunda edição do “Cem Minas na Rua”, maior evento de grafite feminino do País, onde 403 artistas vão realizar intervenções no muro da Rua Antonio Brito Marques, na Lapa de Baixo, ao lado do Viaduto da Lapa. Também acontecerão outras atividades, entre 9h e 22h, como rodas de conversa, apresentações de DJs, rodas de samba, shows, exibição do filme “Libertem Angela Davis” (19h30) e feira de produtos variados, tudo protagonizado por mulheres.

Já no domingo (25) acontece o “Sumaré Sustentável” que oferecerá atividades físicas, coleta de resíduos, oficinas e atrações culturais na Avenida Sumaré entre 9h e 13h. Durante o evento, o artista plástico Sérgio Fabris confeccionará ao vivo uma obra de arte feita com bitucas de cigarro, como parte da campanha “Bituca #EuJogoCerto”, da Subprefeitura Lapa.

O CEU Jaguaré (Avenida Kenkiti Simomoto, 80) recebe no sábado (23), às 10h, a aula de dança “Movimentos Dançantes da Terra”, com uma vivência que propõe movimentos e respirações inspirados nos processos energéticos do planeta, nos elementos da natureza e nas manifestações populares brasileiras, com música ao vivo.

A EMEI Dona Leopoldina (Rua Peribebui, s/n) recebe no sábado (24), às 9h, o “Encontro das Iniciativas pela Sustentabilidade”, e a Viela 341, uma travessa entre as ruas Constantino Fraga e Doutor Avelino Chaves recebe às 15h a renovação das artes que estão nos muros da passagem.

A programação completa está disponível no site www.viradasustentavel.org.br

Abertura

Na região, a Virada Sustentável começou na quinta-feira (22) com um passeio de bicicleta na Vila Leopoldina, realizado com apoio da Yellow que forneceu as bicicletas de forma gratuita. A saída foi da Biopadaria Wheat, primeira padaria orgânica do bairro localizada na Rua Carlos Weber. De lá, o grupo foi até o Banco de Tecido, na Rua Aliança Liberal, espaço criado para reduzir o descarte de sobras de tecido da cadeia têxtil que vão para aterros. Lá, é possível levar partes de tecidos que podem ser trocados por novos materiais ou comprar cortes diversos com livre peso e metragem de tecidos, vendidos por R$ 55/kg. A proposta do local é tanto a de reduzir o impacto ambiental do descarte incorreto de tecidos como estimular a criatividade e empreendedorismo do ato de costurar. Também foram realizadas rodas de conversa, meditação e a ação “Horta Viva” na Praça Nova Lapa, na sexta-feira (23). A Vila Leopoldina participa desde 2016 da Virada Sustentável com atividades desenvolvidas por um coletivo de moradores do bairro.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA