Resgatar a vereança

0
557

A agenda política nos bairros da gente ganhou uma nova e importante dimensão na noite da quarta,17, quando a OAB-Lapa, com total incentivo da OAB São Paulo, presidida por Flávio D’Urso, acolheu a primeira rodada de debates entre candidatos a vereador, iniciativa do Mover – movimento de cidadania em defesa do desenvolvimento sustentável da Lapa e região – e que conta com o apoio do Jornal da Gente.
Por cerca de duas horas, os candidatos Boneli (PMDB), Carlos Neder (PT) e Nabil Bonduki (PT) – os três com atuação junto às comunidades locais – dialogaram com os eleitores, num debate de alto nível, focado em assuntos pertinentes ao atual momento vivido pela região, que cresce em ritmo acelerado, mas sem nenhum planejamento.
Quem acompanha a cobertura do noticiário regional feita pelo JG sabe, perfeitamente, que nos últimos anos, as comunidades, por força de uma política de gestão local equivocada, foram afastadas do contato direto e do diálogo aberto com a Rua Guaicurus, 1000, sede da Subprefeitura da Lapa. Assim, muitas demandas que interferem diretamente no nosso cotidiano deixaram de ser atendidas. Em muitos casos sequer foram analisadas com a merecida atenção.
O leitor também está ciente que existem tantas e tantas lacunas, sobretudo no campo social, que os poderes públicos, independentemente de matizes políticas à esquerda ou direita, deixam abertas, sinalizando um futuro incerto para inúmeras famílias de baixa renda.
A figura do vereador nesse contexto torna-se fundamental na nossa luta por bairros mais justos, mais humanos.
O debate na OAB e a própria cobertura do noticiário político na região nos ensina que temos de encarar o mandato Legislativo Municipal como a ponte entre nossos anseios cidadãos e o Executivo, seja ele representado pela subprefeitura seja ele a própria Prefeitura.
Na próxima Legislatura temos a oportunidade de mudar essa realidade e fazer viva essa ponte da cidadania, cobrando – até mesmo num insistente corpo-a- corpo – posições coerentes dos vereadores eleitos e que durante esta campanha assumiram compromissos com as demandas da gente. Nessas duas semanas que nos separam das eleições de 5 de outubro temos tempo suficiente para definirmos nosso voto em favor de vereadores, natos ou não, compromissados, de fato, com a região.

COMPARTILHE
Próximo artigoPRESTIGIO

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA