Diversidade na estante

0
691

Foto:

O sociólogo Valter Silvério

Juntar no mesmo espaço uma livraria e um café/bistrô foi o que fez o sociólogo Valter Silvério ao criar a Ponto do Livro, Livraria, Café & Arte, em uma tranquila rua a duas quadras do metrô Sumaré, inaugurada no dia 21 de maio.
Ocupando um amplo sobrado, o espaço da livraria é dividido em dois ambientes distintos unidos por uma escada. No térreo, ficam organizados os títulos infanto-juvenis, ficção e não ficção. São best sellers de autores nacionais e internacionais. Na parte superior, é onde a livraria tem um diferencial. Aqui estão os títulos dedicados à diversidade, objeto de estudo do seu idealizador, professor universitário e sociólogo com décadas de estudo sobre o tema. Aqui, os títulos estão divididos por assuntos como estudos culturais e pós-culturais, gênero, sexualidade e outros temas. Mas há espaço para livros de arte e CDs. “O objetivo é diluir as fronteiras”, explica Valter Silvério.
Antes ocupada como residência, a livraria foi toda remodelada e o projeto foi assinado pela arquiteta Leila Paryse. Um confortável sofá, um pequeno jardim com mesas e cadeiras, boa área de circulação e anexo funciona o café/bistrô.
“Oferecemos aqui um lugar agradável para o cliente que vem à procura de um livro, tomar um café da manhã ou almoçar sem pressa”, afirma a chef de cozinha Thabata Neder, a responsável pela criação do cardápio que tem influências da culinária francesa e brasileira e um toque de ingredientes da terra, onde privilegia os produtos orgânicos, frutas e legumes.
Entre as sugestões do café/bistrô, Thabata destaca o café da manhã que é oferecido em três versões – para uma, duas ou três pessoas – com pão, manteiga, geleia caseira, minibolos, creme de queijo e fruta do dia.
O almoço, a cada dia da semana com uma sugestão que a preço fixo, inclui salada e sobremesa. Tem também sanduíches e salgadinhos. E para completar, uma variedade de doces em duas versões, normal e nem tão doces.
Além de livros e gastronomia, a livraria pretende ter, em breve, uma programação cultural com encontros literários, palestras e lançamento de livros. Dispõe de uma rede wireless aberta aos visitantes e funcionários treinados para atender ao público.
A livraria e o café/bistrô abrem de segunda a sexta, das 7 às 21h, e sábado, das 8 às 18h. O café da manhã é servido de segunda a sexta, das 7 às 10h, e sábado, das 8 às 11h. O almoço vai de segunda a sexta, das 11 às 14h, e no sábado, das 12 às 15h.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA