Desafios urbanos

0
815

No debate do Fórum Suprapartidário por uma São Paulo Saudável e Sustentável, realizado na terça-feira, 19, no plenário da Câmara Municipal, o prefeito Fernando Haddad e dois dos principais nomes de sua gestão na área de política urbana –Fernando de Mello Franco, secretário de Desenvolvimento Urbano; e Kazuo Nakano, diretor do Departamento de Urbanismo da referida secretaria – revelaram importantes informações que dizem respeito não somente à cidade como um todo, mas também aos bairros da gente, em particular.Ao abordar a elaboração do novo Plano Diretor Estratégico da Cidade de São Paulo, Haddad, por diversas vezes, enfatizou que a construção de um novo modelo de planejamento urbano se dará no debate com a sociedade, chamada a participar de maneira efetiva nesse processo, enviando demandas e propondo diretrizes. O secretário Mello Franco, por sua vez, destacou a importância do Projeto Arco do Futuro, enfatizando alguns parâmetros como a Operação Lapa-Brás, proposta na gestão Gilberto Kassab como vetor de desenvolvimento regional, requalificando e indicando novo adensamento na orla ferroviária (12 km de extensão). O projeto original feito pela equipe de Kassab implicava em mudanças radicais no tecido urbano da Lapa, Lapa de Baixo e Pompeia. Por fim, Kazuo Nakano deixou claro que  a Prefeitura começa a colocar a formulação de Planos de Bairros no elenco de prioridades no âmbito dos projetos de planejamento urbano. Nakano diz que São Paulo vive uma febre de elaboração de Planos de Bairro – o vereador Police Neto (PSD), membro do G-19, propõe, entre outros, o Plano de Bairro da Vila Leopoldina – o que leva a Secretaria de Desenvolvimento Urbano a estudar uma linha padrão a ser seguida na construção desses mecanismos de política urbana. Nakano garantiu que todas discussões sobre planejamento urbano levarão em conta a participação popular.        Avaliadas no plano regional, as colocações e ponderações feitas por Haddad e equipe lançam um grande desafio comunitário: a construção de fóruns de análise e debates para entrarmos preparados nas discussões sobre política urbana, uma vez que a região da Sub Lapa é, hoje, um dos principais centros das transformações vividas por uma Pauliceia que anseia de forma explícita, como lembrou o próprio prefeito, por melhor qualidade de vida. Dada à atual relevância do tema urbanismo, ele estará no centro dos eventos que Página Editora e Jornal da Gente organizarão ao longo do ano.  

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA