União Fraterna já tem proposta de restauro

0
796

Foto:

Imagem da perspectiva da fachada com a proposta do restauro e iluminação em Led

O presidente do Instituto Anastassiadis, Eudóxios Anastassiadis apresentou na quarta-feira, 15, a proposta de restauro do prédio tombado da Sociedade Beneficente União Fraterna, à diretoria da entidade. O projeto faz parte da parceria firmada entre as duas entidades em 27 de junho de 2013 para restauro do prédio e cooperação em ações sociais, culturais e educacionais, no salão da União Fraterna. Anastassiadis apresentou a perspectiva da fachada com a proposta do restauro e iluminação em Led nas lojas que ocupam o térreo. A previsão é que cerca de R$ 3 milhões sejam necessários para reformar e equipar o prédio histórico.

A captação de recursos será feita por meio da Lei Rouanet (Lei federal de inventivo à cultura). Como as captações com empresas acontecem sempre no final do ano, Anastassiadis pretende antecipar a recuperação da fachada de forma paliativa, mesmo antes de concluir o processo, para valorizar a locação do espaço e captar recursos para manutenção e reforma. “A fachada da (Rua) Guaicurus será a primeira a ser recuperada”, disse Anastassiadis.

Como o prédio é tombado será necessária a autorização do Conpresp. Além da fachada, as instalações elétricas, banheiros acessíveis e elevador (para acessibilidade) estão entre as prioridades do projeto. No dia seguinte, o arquiteto e gerente do projeto da União Fraterna, Dhaian Miranda fez vistoria no prédio acompanhado de outros dois arquitetos,  Marcos Vinicius Nascimento e Juliana Stella, e do secretário executivo do instituto, Luiz da Silva Filho, e a diretoria da União Fraterna, para levantar informações para o projeto executivo.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA