Vigilância de shopping avisa polícia sobre sequestro

0
541

Uma professora de 55 anos foi sequestrada na noite de terça-feira (16) na saída do Hospital São Camilo da Av. Pompeia, após visitar o marido internado. Ela foi abordada quando saia do hospital. Um adolescente de 13 anos anunciou o sequestro no momento que a professora entrava no carro. Em seguida, outros dois se aproximaram. Em matéria divulgada pelo Bom dia São Paulo, da Globo, a vítima disse que tentou manter a calma e perguntou se eles queriam dinheiro. “Mas eles queriam o cartão, queriam fazer um saque mesmo”, contou a professora que foi levada até um banco (na Freguesia do Ó) e obrigada a sacar R$ 2 mil (limite) e depois fazer compras em loja do Shopping Center Lapa. Eles queriam tênis. Durante as compras, a vítima conseguiu mostrar que se tratava de um sequestro relâmpago. A segurança do shopping acionou a polícia. O carro com o grupo de criminosos foi cercado pela PM na Av. General Edgar Facó, em Pirituba. Um sequestrador (de 23 anos) tentou fugir e foi baleado e preso, os outros dois eram adolescentes de 13 e 15 anos foram encaminhados à Fundação Casa. O Shopping Center Lapa teve a equipe elogiada sobre a participação eficaz no sequestro relâmpago. Na segunda-feira a Divisão de Homícidios e Proteção a Pessoas estourou o cativeiro e resgatou dois comerciantes da Ceagesp. Foram presos 4 pessoas, duas delas ex-funcionários da Ceagesp, Antonio Bento e Maciel da Costa, que já tinham feito outras vítimas no local. 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA