Fórum dos Consegs analisa|a Segurança Comunitária

0
988

Foto:

Coronel Camilo junto dos presidentes de Consegs da região e comandantes do 4º BPM e das 3 Companhias

O tema “Violência Urbana” será abordado na primeira edição do Fórum de Segurança Comunitária que será realizada no próximo sábado, 1º de agosto, a partir das 9h, na Unip, na Avenida Marquês de São Vicente, 3.301. Estão confirmados como palestrantes os deputados estaduais Coronel Camilo e Coronel Telhada, o deputado federal e delegado da Polícia Federal, Protógenes Queiroz, e comandantes da GCM e da PM da região. Serão abordadas questões ligadas à violência urbana que atingem a região. A entrada é franca e aberta à comunidade.

Com o intuito de buscar soluções racionais e adequadas para minimizar esse panorama social, os Consegs Lapa, Leopoldina e Perdizes, em uma iniciativa inédita, uniram-se e criaram esse primeiro fórum para ampliar as discussões deste tema social fundamental na atualidade e que aflige os paulistanos em geral. Foram convidados profissionais, policiais e especialistas no assunto para debater a situação da região, que tem mais de 300 mil moradores.

Para o deputado estadual Coronel Camilo, atual presidente da Frente Parlamentar de Segurança Pública, essa é uma iniciativa importante dos Consegs. Para ele a participação comunitária é a melhor forma de construir soluções perenes na área de segurança. “Quando a comunidade e o poder público atuam juntos, o resultado é sempre uma relação de ganha x ganha: ganha o poder público que ouve a comunidade obtendo, assim, a melhor informação e ganha, também, a comunidade por ver soluções para o seu dia a dia”, afirma o p. “A principal causa da violência urbana é a desordem urbana, provocada, na sua maioria pela falta de ação do poder público nas suas três esferas: federal, estadual e municipal, sendo esse último o maior responsável”, ressalta.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA