Prefeito regional suspende plantio global na Leopoldina

0
1670

Foto: Maria Isabel Coelho

Maria Isabel Coelho
Canteiro da Avenida Gastão Vidigal receberia 300 mudas de árvores durante ação

A ação Plantio Global de 300 mudas de árvores no canteiro central da Avenida Gastão Vidigal, marcado para domingo (19), foi suspenso pelo prefeito regional da Lapa, Carlos Fernandes depois de manifestações contrárias da Associação Viva Leopoldina, Conseg e moradores nas redes sociais, ofícios e até na reunião do prefeito João Doria e secretários com representantes de associações de bairro, no dia 11, no MuBE.

O diretor da Associação Viva Leopoldina, Carlos Alexandre de Oliveira explicou ao secretário do Verde e Meio Ambiente, Gilberto Natalini, os motivos do posicionamento da entidade. “Ter o plantio de 300 mudas de árvores é muito bacana, mas o local escolhido é totalmente inadequado. Ali já tem um projeto paisagístico, tem ciclovia e barracas de moradores de rua. O plantio de muitas árvores vai causar penumbra e problemas de segurança em um lugar que já acontecem furtos e uso de drogas ”, disse Alexandre referindo-se ao anúncio do plantio feito pela coordenadora do Fórum social da Vila Leopoldina.

Natalini disse que atendeu a um pedido de mudas para o plantio, mas o responsável pela escolha do local era o prefeito regional. Depois de cancelar o plantio, Carlos Fernandes explicou que foi o responsável pelo debate porque atendeu um grupo que organizava o plantio e só depois se atentou para o modelo do projeto de plantar muitas árvores em um só espaço.

O Plantio Global acontece neste domingo (19), mas em outro local: no Parque Municipal Chácara do Jóquei (Rua Santa Crescência, portão 4), a partir das 10h.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA