Onda de roubos a condomínios e casas assusta moradores

0
153

Foto: Reprodução

Reprodução
Suspeitos tentam se passar por parentes de moradores para acessar condomínios

Os moradores da Vila Romana e Alto da Lapa precisam ficar atentos com a onda de roubos a casas e condomínios na região. Somente na terça-feira (26), foram três tentativas de entrar em prédios nas ruas Tito, Presidente Antônio Cândido e Jorge Americano. Os criminosos afirmam ser parentes de um morador para conseguir passar pelos porteiros e tentar entrar nos apartamentos, enquanto um carro com comparsas aguarda estacionado na rua. Nas três ocorrências os assaltantes fugiram sem levar nada, graças aos funcionários dos condomínios que desconfiaram da atitude suspeita.

Já os moradores da Rua Catão não tiveram tanta sorte. Uma vítima foi abordada ao chegar em casa, às 19h de sábado (30), por dois homens armados que estavam em um Audi A3. Eles entraram na residência e levaram diversos bens como TV, computador e celular. “Foi tudo muito rápido. Eu devia ter desconfiado porque durante o dia vi um homem tocando a campainha de uma vizinha e, quando ninguém atendeu, ele tentou forçar o portão. Chamei a atenção dele e ele foi embora”, relata a vítima que também cobra uma melhor iluminação na região da Praça Julio Cesar para coibir a ação de criminosos. Outra vítima foi abordada por quatro bandidos. Quando o morador se isolou na garagem junto com um dos criminosos, outro que estava armado e ficou do lado de fora efetuou disparos. Após um confronto físico com o morador, a quadrilha conseguiu fugir.

Golpes para entrar nas residências também estão em andamento, com suspeitos que se passam por funcionários de companhias de TV a cabo que dizem que vão realizar a troca de equipamentos.

Apesar dos diversos relatos das vítimas, poucas vão até a Polícia para registrar a ocorrência. O 4º Batalhão da Polícia Militar, responsável pela região, afirma que foram registrados no 7º Distrito Policial quatro furtos ocorridos dos dias 4, 22, 23 e 24 de setembro, e nenhum registro de roubo (quando envolve ameaças) à residência. A PM ressalta a importância do registro dos boletins de ocorrência, uma vez que a Polícia trabalha pautada nos indicadores criminais para implementar as medidas de controle da criminalidade nos locais que apresentam maior incidência de delitos.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA