Projeto de acessibilidade realiza intervenção artística

0
559

Foto: Bárbara Dantine

Bárbara Dantine
Tuca Munhoz no Terminal da Lapa

A sexta reunião do Lapa 21, projeto da SPTrans em parceria com a Prefeitura Regional da Lapa que prevê a adequação da acessibilidade no trecho que vai do Terminal da Lapa à Biblioteca Mário Schenberg, na Rua Catão, discutiu a realização de um evento para celebrar o Dia Internacional das Pessoas com Deficiência.

O grupo pretende realizar intervenções artísticas, com apoio do Tendal da Lapa, e pintura temporária das vias no trecho que será contemplado. Com a participação de membros da Acomel (Associação dos Comerciantes do Mercado da Lapa) foi discutida a inclusão do entorno do mercado no dia da comemoração e foi definido que o evento será no sábado (2 de dezembro), para impactar o maior público possível. Outra intervenção prevista é a colocação de painéis artísticos, produzidos pelos membros do Grupo de Mães de Jovens Especiais, no muro do Hospital Sorocabana, na Rua Catão. O projeto executivo da transformação do trecho está em desenvolvimento na SPTrans, e poderá incluir um pequeno jardim nos arredores do hospital desativado. “A intenção é alargar calçadas, incluir áreas verdes e bancos. Serão pintados os locais da intervenção para a população entender e se apropriar daquele espaço”, afirma Tuca Munhoz, assessor técnico da SPTrans.

Munhoz também falou sobre duas emendas parlamentares previstas para a região que irão contribuir com o projeto Lapa 21, uma de R$ 600 mil da vereadora Soninha Francine (PPS), que será utilizada na obra do trecho do terminal à biblioteca, e uma da vereadora Adriana Ramalho (PSDB), de R$ 150 mil, direcionada às melhorias estruturais no Mercado da Lapa. Ambas as emendas aguardam liberação por parte do Executivo.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA