Grupo discute esvaziamento da reunião de zeladoria

0
158

Foto: Bárbara Dantine

Bárbara Dantine
Reunião de zeladoria conta com presença de quatro pessoas

Na quinta-feira (16), entre os feriados da Proclamação da República e Dia da Consciência Negra, foi realizada a reunião de zeladoria da Prefeitura Regional da Lapa, porém o encontro contou com apenas quatro participantes além de Jorge Santos, supervisor técnico do gabinete. Isso culminou em uma discussão sobre a importância de se realizar a reunião mensal.  Os presentes reclamaram da falta de devolutivas e do fato de que raramente os encontros são conduzidos pela mesma pessoa, creditando a esses dois fatos o esvaziamento das reuniões. Jorge Santos falou que o prefeito regional, Carlos Fernandes, tem como proposta o fortalecimento do aplicativo SP 156 para o recebimento e acompanhamento de demandas de zeladoria.

O aplicativo para dispositivos móveis permite que os munícipes enviem solicitações com ou sem fotos sobre veículos parados em locais proibidos, necessidade de limpeza de bueiro, comércio realizado de forma irregular, reparo de lâmpadas, pedido de podas e remoção de árvores, varrição, capinação, tapa-buraco, construção ou reforma de guias e sarjetas, fiscalização de publicidade irregular e de descarte irregular de entulho.

Santos também afirma que cerca de 8.000 protocolos com reclamações e pedidos estão registrados na regional, alguns deles replicados e outros que já foram resolvidos, mas não tiveram baixa no sistema, e afirma que o trabalho para organização dessas demandas já está em andamento. Das 32 prefeituras regionais, a da Lapa é a única que realiza a reunião de zeladoria.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA