Moradores questionam obra contra enchentes

0
121

Foto: Rosana Braccialli

Rosana Braccialli
Obra foi iniciada em novembro de 2017

A instalação de uma placa na Praça Aritiquiba causou estranheza aos moradores do entorno. Com os dizeres de que seriam realizadas obras para a redução de alagamentos em seis logradouros, e um valor previsto de R$12.063.973,58, os vizinhos relatam que a placa foi instalada no dia 26 de outubro, apesar da informação de que o início da execução do projeto seria em 2 de novembro de 2016. As obras só começaram no início deste mês.

Ao ser questionada sobre o valor e datas contidos na placa, a Secretaria Municipal de Serviços e Obras explica que o contrato da obra foi assinado na gestão anterior, em novembro de 2015, e que, embora o contrato contemple seis obras, apenas o da Rua Poetisa Colombina recebeu ordem para início, feito parcialmente. Em novembro de 2016, a gestão anterior prorrogou o prazo do contrato para novembro de 2017 e, somente em junho deste ano, a Prefeitura recebeu autorização da Caixa, que financia as obras com recursos do PAC, para a execução dos trabalhos. A Caixa liberou os recursos em outubro e as obras foram iniciadas neste mês, com exceção da Rua Poetisa Colombina, cujo projeto apresenta problemas. A obra da Rua Pinheiro Machado está prevista para ser concluída no início do ano, enquanto as outras quatro serão realizadas ao longo de 2018.

Os moradores apontam não ter relatos de alagamentos na região, mas a Secretaria de Serviços e Obras explica que a obra consiste na execução de 120 metros de galeria de águas pluviais, o que vai aumentar a vazão existente e eliminar o ponto de alagamento na Praça Aritiquiba. Sobre o valor de R$12 milhões, a secretaria informa que é referente ao contrato para a execução de todas as seis obras previstas.

Bárbara Dantine
Informações sobre data de início causaram confusão

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA