Moradores reclamam de abandono do Cemitério da Lapa

0
811

Foto: Fiscalizando São Paulo

Fiscalizando São Paulo
Moradores cobram manutenção do cemitério por parte da Secretaria Municipal de Subprefeituras

Com túmulos quebrados e vandalizados, mato alto e criadouros de mosquitos, a falta de manutenção do Cemitério da Lapa foi discutida na reunião do Conseg Leopoldina, na segunda-feira (18). Flávia Maia, presidente do Conseg Lapa, entregou um ofício ao presidente do Conseg Leopoldina Jairo Glikson, já que o cemitério está na área de atuação dele. O documento destinado à Secretaria Municipal das Subprefeituras cobra serviços de zeladoria e manejo de árvores no local. Flávia Maia é responsável pela página Fiscalizando São Paulo no Facebook, ao lado de Marco Aurélio Ribeiro, onde a denúncia do cemitério foi publicada. O roubo de placas no cemitério já foi citado em diversas reuniões do conselho, com uma nova ocorrência na própria segunda-feira (18). A GCM conseguiu deter o criminoso em flagrante.

Outro tema que é discutido com frequência nas reuniões do Conseg é a venda irregular de filhotes de cães que acontece na Praça Doutor Agostinho Bettarello, em frente à Cobasi da Vila Leopoldina. A fiscalização da Prefeitura não atua sozinha no caso porque não pode realizar a apreensão dos animais. Flávia Maia afirmou que, na gestão do subprefeito Antonio Queija, foi realizada a Operação Saturação, que aliou prefeitura e polícia, para acabar com o comércio de animais no local, e que é preciso realizar uma ação semelhante. Relatos apontam que os animais são submetidos a condições inadequadas durante as feiras e os criadores não são licenciados.

Bárbara Dantine
Flávia Maia, presidente do Conseg Lapa, participa de reunião na Vila Leopoldina

Também foram discutidas a necessidade de recapeamento na Vila Anastácio, por conta do grande fluxo de caminhões, policiamento na região dos novos condomínios da Avenida Raimundo Pereira de Magalhães, com duas ocorrências de roubo com dois suspeitos em uma moto em um período de 15 dias, e iluminação na Rua Tomé de Souza.
Com a proximidade das eleições do Conseg, a reunião de segunda-feira foi a última para apresentação de chapas. Para a Vila Leopoldina foi inscrita uma única chapa, composta pelos membros da atual diretoria.

Serviço Funerário
Em nota, o Serviço Funerário Municipal informa que os serviços de poda de grama e árvores na área interna do cemitério são realizados de forma regular e seguem cronograma definido pela empresa contratada. Afirma ainda que devido às chuvas, o crescimento da vegetação está mais acelerado e que o reparo dos túmulos é responsabilidade dos concessionários. O SFMSP comunica as famílias sobre a necessidade dos cuidados com os jazigos.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA