Reabertura do Parque

0
1415

O Parque Orlando Villas-Bôas, fechado pela Justiça em março de 2015, finalmente poderá ser reaberto com assinatura de um Termo de Ajuste de Conduta – TAC entre o Ministério Público, Prefeitura de São Paulo e a SPE Solaia Empreendimentos Imobiliários Ltda., que aconteceu nesta sexta-feira (5), na sede do MP. O valor de R$ 2 milhões será depositado no FEMA, com utilização especificamente para a reforma do parque, que deverá ser feita em até 6 meses. O promotor é Ivandil Dantas. A reabertura desse importante espaço verde na Lapa é uma luta nossa e da comunidade.

O local foi fechado após liminar da Justiça por suspeita de contaminação do solo. Na área, funcionou uma estação de tratamento de esgoto da Sabesp. Desde o fechamento, a manutenção do parque diminuiu visivelmente. Em julho de 2018, a Cetesb informou que não vê nada que impeça a reabertura do parque. Em agosto do ano passado, baseada no laudo da Cetesb, a Sabesp informou ao Ministério Público que não havia restrição para o uso do parque e pedia a reconsideração do fechamento. O MP também se manifestou favoravelmente à abertura do parque.

Sou autor da Lei 14.686/08, que cria o Parque Orlando Villas-Boas, na Vila Leopoldina. Ver uma área verde como essa, abandonada e sem utilização é lamentável. É um parque importante para a região. Esperamos que a Prefeitura agora faça a sua parte. A reabertura do parque será uma vitória para os lapeanos e para todos os paulistanos.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA