Grupo discute impacto de eventos no Allianz Parque

0
1406

Foto: Bárbara Dantine

Bárbara Dantine
Grupo Executivo Permanente Allianz Parque se reunirá mensalmente

A primeira reunião do GEP (Grupo Executivo Permanente) Allianz Parque foi realizada na quinta-feira (2) na Subprefeitura Lapa. O grupo é composto por membros da sociedade civil, do poder público e representantes da Real Arenas, responsável pelo Allianz Parque, com o objetivo de discutir ações para minimizar os impactos dos eventos realizados no estádio para os vizinhos.

O coordenador do grupo é o subprefeito Leo Santos. “As reuniões sempre serão abertas e servem para colocar os problemas e procurar soluções entre as partes. Temos aqui na nossa região 2 km² do maior centro de entretenimento da cidade e esse grupo é a oportunidade de resolver os problemas”, afirma.

Os moradores levaram uma lista com um diagnóstico atualizado dos impactos gerados pelos eventos e ações sugeridas para reduzir o incômodo. Entre as questões apontadas estão a necessidade de limpeza, ocupação de calçadas, comércio ambulante irregular, presença de flanelinhas, dificuldade de acesso dos moradores às suas garagens, horários previstos de eventos que não são respeitados e poluição sonora, com ruído acima do permitido por lei que foi identificado em um relatório do IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas) a pedido do Ministério Público.

Os vizinhos pedem para participar das reuniões técnicas de planejamento dos eventos, que envolvem a Polícia Militar, Guarda Civil, Prefeitura e organizadores, pois acreditam que receber o plano de ação pronto não irá auxiliar para o atendimento de suas sugestões.

Os encontros do grupo serão mensais, com uma reunião extraordinária na próxima semana para discutir os shows do BTS, que acontecem nos dias 25 e 26 de maio, sendo que fãs da banda coreana estão desde o começo do ano acampados nas imediações do estádio e na Praça Conde Francisco Matarazzo Júnior.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA