Respeito aos ancestrais

0
1537

Diante dos últimos acontecimentos ocorridos no Cemitério da Lapa, um roubo que, graças à GCM, foi malsucedido, venho externar minha profunda tristeza, com tamanho ato de desrespeito e escárnio, cometido por estes bandidos. Expresso minha consternação, não apenas como Diretora do Conseg Leopoldina, mas também como moradora, de família italiana tradicional da Lapa desde meados de 1930.

Estamos no bairro há mais de quatro gerações e muitas famílias se conhecem também de gerações passadas, tais como meus pais que foram e são amigos dos pais de amigos meus, e nossos avós. É uma comunidade que vivenciou e colaborou com o crescimento e desenvolvimento do bairro. E hoje, assistir o que está acontecendo no Cemitério da Lapa é desolador! Nossos entes queridos estão lá! Este ato, ultrajante, arromba os portões do discernimento e desrespeita os nossos antepassados! Estes seres não são apenas bandidos. São seres desalmados, profanos!

Ontem, a caminho do Cemitério para averiguar a situação do túmulo de minha família, fui com o coração apertado do que poderia encontrar pela frente. Felizmente estava intacto, mas nem todos puderam dividir do mesmo alívio!

A gestão do Cemitério foi trocada. O novo administrador me parece bastante proativo, empenhado em ajudar e fazer a diferença. Mas cabe à comunidade participar, interagir, para que possamos equacionar a situação triste e deprimente dessas ocorrências. O Cemitério da Lapa clama pela Paz!

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA