Comida e consciência

0
296

Perto da sua casa tem uma feira livre? Para quem mora em São Paulo, a resposta é sim. São mais de 800 por toda a cidade e há um século elas fazem parte do cotidiano dos paulistanos.

A primeira feira livre ‘oficial’ aconteceu em 1914. De lá para cá a cidade mudou muito, mas elas persistem.

Enxergo nas feiras um local que, para além da oferta de alimentos frescos, faz sobreviver na cidade uma essência que vem se perdendo em meio aos automóveis e à tecnologia: o convívio no espaço público, a conversa.

Na feira encontra-se os vizinhos, conhece-se o vendedor, estabelecem-se relações. São vida e interação.

Por isso, desde que assumi a Secretaria Executiva de Abastecimento e Agricultura, venho desenhando o projeto de revitalização das feiras Vou Pra Feira + Sustentável.

A ideia é aproveitar a capilaridade das feiras para aproximar a população do poder público, e vice e versa, dando a esses espaços seu devido valor.

Iniciaremos um piloto com diversos parceiros. Levaremos a seis feiras livres uma tenda, onde os munícipes trocarão os resíduos recicláveis e óleo de cozinha por brindes. É uma forma de engajar a população e aumentar os índices de reciclagem da cidade, um grande compromisso da gestão Bruno Covas.

O espaço servirá ainda para levar conscientização ambiental, oficinas, campanhas de saúde, vacinação e outros serviços públicos.

Na feira agora, além de alimentos e conversa, você encontra a Prefeitura perto da sua casa.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA