Árvore: poda irregular

0
735

Nos últimos dias acompanhamos a poda irregular de árvores na região da Lapa e em outros bairros de SP, pela ENEL, concessionária de fornecimento de energia elétrica. A empresa tem realizado podas drásticas em árvores saudáveis.

Podas malfeitas podem ser “mutilações”. Os galhos grandes cortados dificilmente vão cicatrizar, antes de ser contaminados por cupins e fungos. O fundamental é acompanhamento e condução da árvore quando jovem, para que não sejam necessárias podas severas quando adultas. Quando diagnosticada a necessidade da poda, o correto é cortar galhos ainda jovens, menores que 5 cm, que são facilmente cicatrizados.

As árvores são responsáveis pela redução da poluição do ar, ajudam a combater o aquecimento global, atraem pássaros e outros animais, absorvem CO2 e exalam oxigênio, além de reduzirem o índice de depressão, de morte por doenças cardiorrespiratórias e melhorarem o bem-estar de todos.

É de nossa autoria o Projeto de Lei 329/18 (PL), que dispõe sobre a arborização urbana, estabelecendo regras para plantio, supressão e poda. O PL visa modernizar o processo de arborização na cidade, seguindo critérios pré-estabelecidos pela Prefeitura, garantindo os serviços ambientais.

Como eu sempre digo: precisamos plantar a árvore certa, no lugar certo, na hora certa. E cuidar! Árvore é vida!

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA