Conselho tutelar da Lapa tem nova composição

0
276

Foto: Bárbara Dantine

Bárbara Dantine
Conselho Tutelar na Subprefeitura Lapa

No dia 6 de outubro de 2019 foram realizadas as eleições para os conselhos tutelares de São Paulo. Na Lapa, foram eleitos Ana Paula da Silva (2111 votos), Hyde Pedreira Santos (2110 votos), Lilian Calta Belloti Pinheiro (2094 votos), Alex da Silva Ramos (1438 votos) e Eduardo Ruivo do Carmo (1352 votos).

A posse dos conselheiros ocorreu no dia 10 de janeiro e foram empossados Hyde Pedreira Santos, Lilian Calta Belloti Pinheiro, Alex da Silva Ramos e Ana Paula da Silva. Eduardo Ruivo do Carmo havia decidido renunciar à sua vaga para se dedicar a uma proposta de emprego em sua área que é a educação.

Na edição do dia 31 de outubro de 2019 do Diário Oficial do Município, foi publicada uma denúncia de que Eduardo Ruivo do Carmo e Alex da Silva Ramos não poderiam assumir as duas vagas no conselho por constituírem um casal, e uma das candidaturas deveria ser declinada. Em seguida, foi publicado que os conselheiros tutelares da Lapa Orlando Souza do Nascimento e Rosalia Brasil utilizaram a estrutura do conselho para enviar uma denúncia, atuando em benefício próprio e resultando na impugnação dos denunciantes.

Eduardo Ruivo do Carmo renunciou à vaga no conselho, como consta na publicação do Diário Oficial do dia 17 de dezembro. A vaga remanescente deveria ser preenchida por Josoel Vitalino, que também renunciou ao cargo dando lugar a Orlando Souza do Nascimento.

Questionada sobre a impugnação do candidato por ter enviado uma denúncia que poderia beneficiá-lo, utilizando papel timbrado do conselho, a Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania afirma que os candidatos impugnados têm um prazo de recurso e que o conselheiro tutelar Orlando Souza do Nascimento teve sua candidatura mantida por deliberação da Comissão Eleitoral Central e, por esta razão, foi empossado.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA