Obra no Viaduto Miguel Mofarrej conta com 51 km de cabos

0
249

Foto: Divulgação

Divulgação
Blocos de reforço embaixo do viaduto

Em 27 de dezembro foi finalizada a obra emergencial no Viaduto Miguel Mofarrej, realizada pela empresa Passarelli, responsável entre outros projetos por obras no Córrego Sumaré, projeto de despoluição do Rio Pinheiros (Córrego Pedreira – Zona Sul) e construção da Fábrica do Samba e Mercadão de Pinheiros.

A obra iniciada em 1º de julho de 2019 foi motivada pelo fato do viaduto apresentar fissuras nos vãos centrais e corrosão nos cabos de protensão. Com um fluxo de veículos intenso, sobretudo de caminhões que realizam o transporte de produtos para a Ceagesp, Paulo Kantovitz, gerente de obras da Passarelli, afirma que novas intervenções no viaduto devem ser consideradas pela Prefeitura. “Trabalhamos 24 horas por dia, quase todos os dias da semana, para entregar a obra no prazo estipulado. Com as melhorias estruturais finalizadas, o viaduto, que foi projetado em 1970, passará a atender à demanda da região que cresceu ao longo das últimas décadas devido às mudanças nos tamanhos dos veículos e no tráfego da cidade”, afirma.

O Viaduto Miguel Mofarrej foi construído em 1970 e inaugurado em 12 de dezembro do mesmo ano, pelo então prefeito Paulo Salim Maluf. Após um viaduto na pista expressa da Marginal Pinheiros ter cedido no final de 2018, a Prefeitura contratou um estudo técnico para identificar quais pontes e passagens tinham maior necessidade de receber reforços, entre elas o Viaduto Mofarrej.

A Passarelli construiu 192 blocos no viaduto com a função de transferir a carga dos cabos para a estrutura existente, com 448 barras protendidas transversalmente para dar mais estabilidade aos blocos. Também foram utilizadas 46 toneladas de cabos de protensão, um total de 51 quilômetros de cabos para o viaduto que possui extensão total de 550 metros. No pico da obra 150 funcionários trabalharam, todos habilitados para atuar em altura e em espaço confinado. O teste de carga foi feito no dia 21 de dezembro, das 20h às 2h, com um caminhão em movimento.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA