Seu Angelo, dono do cachorro-quente mais famoso da Lapa, morre aos 89 anos

0
2194

Foto: Gerson Azevedo

Gerson Azevedo
Marquinhos e Seu Angelo

Com uma entrada discreta na Viela Ema Ângelo Murari, o Hot Dog do Seu Angelo sempre é muito movimentado. Quem vê de fora pode achar o estabelecimento até modesto, mas a estrutura não se compara à qualidade do atendimento e sabor da especialidade da casa, o cachorro-quente. A receita é simples: duas salsichas, pão francês sempre crocante ou pão de hot dog, purê de batata produzido diariamente, ketchup, mostarda e molho de pimenta, de acordo com o gosto do cliente.

A lanchonete que iniciou as atividades em 1963 está sob comando de Marquinhos, filho do Seu Angelo, que manteve o legado do pai. Da mesma forma, não são poucos os relatos de quem frequentou a lanchonete na infância ou adolescência e hoje leva os filhos lá.

Seu Angelo faleceu na quarta-feira (5), aos 89 anos, e sua morte foi muito lamentada por clientes e amigos, com mais de 1.700 comentários na página da lanchonete no Facebook, grande parte deles compartilhando lembranças do local e da simpatia do Seu Angelo. O sepultamento ocorreu na quinta-feira (6) no Cemitério Parque Jaraguá.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA