Moradores se mobilizam para manter áreas verdes da região

0
772

Foto: Bárbara Dantine

Bárbara Dantine
Roda de conversa na Praça Rio dos Campos no domingo (9)

No domingo (9) moradores e membros do coletivo Pompeia Sem Medo se reuniram da Praça Rio dos Campos para discutir propostas de drenagem sustentáveis como alternativa ao projeto da Prefeitura de fazer uma parceria público-privada (PPP) para construir um piscinão no local.

O encontro contou com uma roda de conversa com diversos especialistas, entre eles Maurício Ramos do Ecobairros Vila Beatriz, Ida e Jataí e conselheiro do CMPU, que explicou a diferença entre infraestrutura cinza, verde e azul, Luiz de Campos, geógrafo e fundador da iniciativa Rios e Ruas, Wellington Tibério e Flavio Barollo do Secura Humana, e Eduardo Mello, arquiteto e conselheiro do Cades Lapa, que falou do impacto no entorno da Praça Rio dos Campos com a retirada de terra para a construção do piscinão.

O vereador Gilberto Natalini esteve presente na reunião, onde apresentou o ofício que enviou para o secretário de Infraestrutura Urbana e Obras, Vitor Aly, de Desestatização e Parcerias, Manuelito Pereira de Magalhães Júnior, e para o presidente da SP Parcerias, Rogério Ceron, pedindo que sejam disponibilizados os estudos técnicos que apontam que as áreas verdes são os locais mais adequados para a construção dos piscinões. Pediu também a participação da população na discussão do projeto.

Praça São Crispim
Na terça-feira (11) o vereador Gilberto Natalini se encontrou com membros do Movimento pela Preservação da Praça São Crispim, grupo que defende soluções de drenagem sustentáveis e descentralizadas pela região ao invés do projeto da PPP para a construção de um piscinão na área verde. Outras soluções de drenagem evitariam a perda das árvores e o impacto durante a construção do piscinão como trânsito durante as obras, acúmulo de sujeira com o reservatório pronto e a desvalorização dos imóveis do entorno.

Entre os assuntos do encontro esteve a necessidade da Prefeitura investir em soluções de infraestrutura urbana que sejam sustentáveis. “A Prefeitura tem um projeto de refazer calçadas em andamento. Por que já não fazer com drenagem?”, defendeu o vereador.
Com a forte chuva de segunda-feira (10), Natalini afirma que a cidade não está preparada para os eventos naturais que devem se tornar cada vez mais frequentes. “A chuva de ontem foi catastrófica, com pessoas sofrendo muito. As chuvas estão cada vez maiores por conta das mudanças climáticas e já está previsto e anunciado que a cada ano vai ficar pior.

A cidade não está preparada para receber essa quantidade de chuva. Sempre teve enchente aqui, mas está maior o número de pontos de cheias e com cheias mais violentas”, afirma.

Natalini afirma que a cidade precisa investir em soluções de drenagem alternativas e até fazer piscinões, mas não em áreas verdes. “A solução é fazer obras e serviços que tornem São Paulo uma cidade resiliente e preparada para receber esse volume de chuva. Hoje não está preparada. Temos várias opções de medidas como a permeabilização do solo, plantar árvores e recolher água da chuva nos imóveis. Se todo mundo recolhesse em sua casa, não teria enchente. E os piscinões não podem ser descartados, mas não podem ser feitos em qualquer lugar, muito menos em uma área verde e muito menos na Praça São Crispim que vai fazer 100 anos em breve. É um atentado contra a praça e a comunidade derrubar essas árvores para fazer um buraco com laje em cima para recolher água de chuva”, disse Natalini.

Correção

A reunião realizada na Praça Rio dos Campos foi organizada por moradores e membros do coletivo Pompeia Sem Medo. Na edição 900 do JG (de 8 a 14 de fevereiro) foi publicado que estava previsto que Gilberto Natalini iria mediar o encontro, porém o vereador apenas participou do evento, que foi mediado pela própria comunidade e aberto à fala do público. O evento que será mediado por Natalini é o que acontecerá na Câmara Municipal, no dia 4 de março, às 18h, chamado de 1º Encontro de Soluções Sustentáveis e Ações Socioambientais.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA