Entidades doam refeições para população em situação de rua e comunidades

0
225

Foto: Divulgação

Divulgação
Ação do Y’s Men’s Club da Lapa e parceiros

Para auxiliar a população mais vulnerável da região, a presidente em exercício do Y’s Men’s Club São Paulo Lapa, Margarida Ruivo, e o presidente da ONG Associação Força e Consciência União pela Virtude e Desenvolvimento Humano, do Jaguaré, Eduardo Santos Vieira, realizaram uma parceria com o Sesi para ampliar a quantidade de refeições doadas na região.

Estão sendo servidos por dia em média 150 almoços e 100 jantares, incluindo marmitex, talheres de plástico, copo com tampa e garrafa de água para a população em situação de rua que fica no entorno do Pronto Socorro da Lapa, Ceagesp, Comunidade Areião, Avenida Presidente Altino e Estação Osasco da CPTM. “É muito importante fazer essa ação porque essas pessoas não têm agora restaurantes nem a Ceagesp para conseguir alimentos e água. Fomos atrás de doações, parcerias e voluntários para conseguirmos fazer esse encaminhamento da alimentação, além de cobertores e agasalhos para ajudar os mais vulneráveis”, afirma Margarida Ruivo. Quem quiser colaborar com doações pode entrar em contato através do telefone (11) 99467-9911 (Margarida).

Restaurantes

Alguns restaurantes da região também aproveitaram sua estrutura para oferecer refeições tanto para pessoas em situação de vulnerabilidade como para os profissionais da saúde. Caso do Yano, que através de doações enviadas pela Câmara do Comércio de Taiwan, produziu durante essa semana 2 mil refeições que, somadas a outras 1500 de outro estabelecimento, foram encaminhadas aos profissionais que trabalham no Incor do Hospital das Clínicas e Hospital São Paulo. “Estamos muito felizes de poder participar dessa ação grandiosa para promover o bem”, afirma Celina Yano, que explica que o restaurante recebia cerca de 100 pessoas por dia antes da quarentena e que, felizmente, todos os eventos que o seu bufê iria participar puderam ser reagendados.

Já o restaurante Mangiare Gastronomia criou a Corrente do Bem para fornecer semanalmente marmitas para pessoas em situação de rua e conviventes de albergues da região. A cada R$ 100 recebidos em doação, o restaurante produz 10 marmitas e a Associação Aviva coordena as entregas.

Divulgação
Refeições doadas pelo Mangiare Gastronomia

(Reportagem feita em colaboração com Gerson Azevedo/Guia Daqui Lapa)

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA