Petição pede manutenção do Espaço de Leitura em parque

0
158

Foto: Divulgação

Divulgação
Atividades realizadas antes da pandemia

Uma petição on-line cobra a manutenção do trabalho realizado no Espaço de Leitura do Parque da Água Branca, local que oferece um acervo de livros infantis e infantojuvenis, além de realizar atividades culturais e educativas.

O documento aponta que o Fundo Social do Estado de São Paulo (FUSSP) encerrou o contrato com a equipe original do espaço, que criou e desenvolveu o projeto durante 10 anos. Questionado, o FUSSP informa que a gestão do Espaço de Leitura será realizada em parceria com a Secretaria de Cultura e Economia Criativa e a Organização Social “SP Leituras”, reduzindo os custos do tesouro estadual para o funcionamento do local.

A reabertura ocorreu no dia 3, com atendimento de quatro horas diárias, de terça a sexta-feira, das 12h às 16h. O local oferece um acervo com cerca de 300 títulos e realizará ações de promoção da leitura, em formato virtual, a partir das duas bibliotecas do Estado (Biblioteca de São Paulo e Biblioteca Parque Villa-Lobos), respeitando os protocolos para reabertura de bibliotecas preconizados pela prefeitura em virtude da pandemia da Covid-19.

Na petição, o grupo que cuidou do espaço pede para participar, em comissão, das negociações com a Secretaria da Cultura para garantir a manutenção da equipe do projeto, da qualidade e estrutura original e do atendimento às escolas públicas com oferecimento de transporte e alimentação para os alunos.

Quem quiser ajudar pode assinar a petição no link (https://bit.ly/3dMqD7d) e mandar mensagem para o Fundo Social no link (www.fussp.sp.gov.br/fale-conosco) pedindo a continuação do trabalho que era realizado.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA