CPM Lapa cobra participação dos conselheiros para avançar em pautas

0
204

Foto: Reprodução

Reprodução
O trabalho dos conselheiros é voluntário, porém eles foram eleitos com propostas para melhorar os bairros que representam.

Na reunião do Conselho Participativo Municipal (CPM) da Lapa, realizada na segunda-feira (1º), mais uma vez a ausência de conselheiros foi motivo de reclamação. Sem o quórum mínimo, o grupo não consegue avançar nas pautas e realizar as votações. O trabalho dos conselheiros é voluntário, porém eles foram eleitos com propostas para melhorar os bairros que representam.

A conselheira Sônia Rodrigues, de Perdizes, apresentou o plano de criar um curso de formação de lideranças comunitárias. O objetivo é trabalhar em conjunto com os conselhos dos equipamentos de saúde da região e abordar temas como gestão participativa, funcionamento e valorização do SUS e organizar as demandas de cada território com uma atuação intersetorial. A ideia é iniciar um projeto piloto em duas Unidades Básicas de Saúde (UBSs). A próxima reunião ordinária do CPM Lapa está prevista para ocorrer de forma on-line no dia 1º de março.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA