Sabesp quer realizar ação para preservar córrego na Leopoldina

0
447

Foto: Bárbara Dantine

Bárbara Dantine
Carlos Hashish, assessor da Sabesp, no único trecho aberto de um córrego canalizado que passa pela Rua Passo da Pátria

Quem passa pela altura do número 909 na Rua Passo da Pátria, em frente à movimentada Praça Adroaldo Barbosa Lima, talvez não note um discreto portão ao lado de um prédio. Mas ao chegar perto é possível ver o único trecho aberto de um córrego canalizado. Na água é possível ver pequenos peixes e girinos. A Sabesp identifica o curso de água como Córrego Leopoldina e pretende aproveitar o mês, já que em 22 de março se comemora o Dia Mundial da Água, para fazer uma ação de conscientização no local. “É importante conscientizar as pessoas para que evitem descartar lixo nos córregos, como bitucas de cigarro e plásticos. Implantamos uma rede coletora para garantir que o esgoto não caia no córrego, mas precisamos que a população também colabore”, afirmou Carlos Hashish, assessor da Sabesp.

Segundo Hashish, atualmente todas as ações da Sabesp têm um viés de conscientização ambiental e os efeitos podem ser contabilizados. “Na última campanha que fizemos sobre desperdício de água, tivemos uma redução de 30% do consumo em toda a cidade”, diz.
A Sabesp é responsável por 75 praças adotadas e tem atuado com a distribuição de água para as pessoas nos drive-thrus durante a campanha de vacinação contra a Covid-19 e com a instalação de 500 pias públicas na cidade.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA