União Fraterna é sede de encontro partidário

0
312

Foto: Bárbara Dantine

Bárbara Dantine
Vereador Fabio Riva falou sobre transferência do Sorocabana durante o evento

Em 2022 serão realizadas eleições para a presidência, governos estaduais e congresso, para os cargos de senador, deputado estadual e federal. Com isso, os partidos já começam a articular suas prévias para a definição de candidatos. Na quinta-feira (14) a Sociedade Beneficente União Fraterna foi palco de um grande encontro do PSDB com as zonais da Lapa, Perdizes e Santa Ifigênia. A reunião foi mediada por Fernando Alfredo, presidente do PSDB municipal e pré-candidato ao Senado.

Estiveram presentes o deputado estadual Marcos Zerbini, a presidente da Associação dos Trabalhadores Sem Terra (ATST), com sede na Lapa de Baixo, Cleusa Ramos, o vereador Fabio Riva, os ex-subprefeitos da Lapa Carlos Fernandes, Leo Santos e Caio Luz, além do vice-governador Rodrigo Garcia e Tomás Covas, filho de Bruno Covas.

Os presidentes zonais dos bairros da Zona Oeste e Centro se apresentaram e falaram das suas expectativas para o pleito. Até o dia 14 de novembro serão feitas as inscrições para filiados que queiram votar nas prévias e no dia 21 será a votação que irá definir os candidatos que vão concorrer pelo partido em 2022. Também foi exibido um vídeo sobre o governador João Doria, pré-candidato à presidência.

O vereador Fabio Riva, eleito no mesmo pleito que definiu João Doria como prefeito de São Paulo, falou sobre a transferência do Hospital Sorocabana, do Governo do Estado para a Prefeitura. “Esse era um dos desafios do governo Bruno Covas. Eu e o deputado Marcos Zerbini estivemos no gabinete dele e falamos que era necessário reabrir a unidade nessa região que é órfã de um hospital municipal. E ontem (13) o prefeito Ricardo Nunes, o secretário Edson Aparecido, o governador João Doria e o vice-governador Rodrigo Garcia assinaram a autorização da transferência do hospital. Em breve teremos um hospital reformado para atender nossa região”, declarou. Cleusa Ramos, pré-candidata como deputada federal, falou da contribuição de Rodrigo Garcia para as políticas de habitação.

O encerramento do evento aconteceu com a fala de Rodrigo Garcia, que deve concorrer ao Governo do Estado. “Essas prévias são importantes para o partido, quando podemos ter um debate, diálogo, receber críticas construtivas e preparar nossos candidatos para uma eleição que será divisora de águas em nível nacional e um desafio em São Paulo. É um esforço diário transformar projetos, sonhos em realidade, e o Sorocabana foi um deles. Gestão pública é vencer desafios e sempre tem muita coisa para fazer em um país tão injusto e desigual quanto o nosso. Isso que tenho procurado fazer junto com o Doria”, afirmou o vice-governador. Além da transferência do Hospital Sorocabana, Rodrigo Garcia também falou do empenho do governo para retomar obras que estavam paradas, caso da Linha 6-Laranja do metrô.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA