Dois homens em situação de rua são encontrados mortos na Lapa

0
397

Foto: Reprodução

Reprodução
Ronda realizada na Vila Romana

No domingo (24) dois homens em situação de rua foram encontrados sem vida na região. Um deles estava na Rua Aurélia e o outro, um imigrante de origem nigeriana, a uma distância de 600 metros, na Rua Joaquim Machado. Nenhuma das vítimas apresentava sinais de violência ou agressão e os casos serão investigados pelo 7º DP.

Insegurança

Desde o começo do ano tem sido crescente o número de relatos de roubos e furtos na região. A Polícia Militar tem aumentado as operações de ronda e abordagem para coibir os crimes, mas os dados da Secretaria de Segurança Pública indicam um aumento das ocorrências nos primeiros três meses do ano. O 7º DP da Lapa registrou 119 roubos em janeiro, 88 em fevereiro e 98 em março. Em relação aos furtos foram 264, 280 e 348 respectivamente. No 23º DP de Perdizes, foram 157 roubos em janeiro, 213 em fevereiro e 251 em março. Os furtos registrados foram 514, 728 e 708 nos três meses iniciais. Já no 91º DP da Vila Leopoldina foram registrados 35 roubos em janeiro, 38 em fevereiro e 52 em março. As ocorrências de furtos foram 104, 121 e 141 nos respectivos meses.

Em nota, a Polícia Militar do Estado de São Paulo, por meio do 4º Batalhão de Polícia Militar Metropolitano – “Cel PM Luiz Nakaharada”, informa o compromisso com a defesa do cidadão, com a manutenção dos direitos fundamentais, buscando insistentemente a excelência na prestação dos serviços preventivos de segurança pública a toda sociedade. No mês de março de 2022 o 4º BPM/M realizou 54 prisões em flagrante delito por diversos crimes. O policiamento de área ocorre através de pontos de estacionamento, bem como a intensificação do policiamento pelas viaturas do subsetor, por meio do policiamento ostensivo com viaturas de Rádio Patrulha e, ainda, de viatura de Rádio Patrulha com Motos (RPM), evitando delitos na modalidade furtos e roubos. Ressalta ainda que é muito importante a participação dos moradores adotando ações preventivas que auxiliam no combate a incidência criminal, principalmente denunciando e registrando o boletim de ocorrência, pois a Polícia Militar trabalha pautada nos indicadores criminais para programar as medidas de controle da criminalidade nos locais que apresentam maior incidência criminal.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA