Especialista do IPT explica impacto do aumento de ruído no entorno de estádios

0
142

Foto: Reprodução

Reprodução
Especialista compara som de liquidificador ao novo limite de ruído no entorno de estádios

O substitutivo do projeto de lei que prevê aumentar de 55 para 85 decibéis o limite de ruído no entorno de estádios das 12h às 23h, incluindo o Allianz Parque, preocupa moradores. A arena do Palmeiras está em uma ZOE (Zona de Ocupação Especial), área com regras específicas que também servem para aeroportos, universidades, centros de convenções, entre outros.

Com a concessão do Complexo do Pacaembu, foram estabelecidas as normas de ruído para o local, que serão de 50 decibéis das 7h às 19h, de 45 decibéis das 19h às 22h, e de 40 decibéis das 22h às 7h. Isso significa que os vizinhos do Allianz poderão ter que conviver com quase o dobro do ruído nos dias de evento. Em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo, o pesquisador do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) Marcelo de Mello Aquilino mencionou a dimensão do impacto, afirmando que 85 decibéis equivalem a ligar um liquidificador dentro de casa, com as janelas fechadas.

Para conseguir a liminar e manter os eventos, a administradora do estádio WTorre iniciou a instalação de janelas acústicas em apartamentos vizinhos.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA