Moradora é assaltada após reunião do Conseg

0
593

Foto: Bárbara Dantine

Bárbara Dantine
Reunião do Conseg (Conselho Comunitário de Segurança) da Lapa

Pouco antes do final da reunião do Conseg (Conselho Comunitário de Segurança) da Lapa, na segunda-feira (29), a moradora Edna Martins, que teve que sair do encontro mais cedo, relata que foi vítima de um arrastão na Toca da Onça, quando estava indo para casa. “Eu tinha acabado de descer do ônibus quando fui abordada por dois rapazes, mas junto com eles estavam outros três e uma moça. Queriam a minha bolsa, mas eu mostrei que só tinha papéis e documentos e felizmente acabaram não levando nada. Um casal e outro homem também foram atacados e perderam dinheiro e celulares”, relata. O túnel de passagem já foi palco de muitas outras ocorrências, justamente pela dificuldade de visualizar quem está na saída e impossibilidade de fuga das vítimas.

Na reunião do Conseg, a Polícia Militar falou sobre a prisão de membros de uma quadrilha que praticou mais de 20 crimes na região como roubos e furtos. A Polícia também fez um alerta sobre golpes de estelionato que ocorrem próximos à agência da Caixa na Rua Guaicurus. Muitas pessoas vão ao local para sacar seguro-desemprego, entre outros valores, e entregam o dinheiro para golpistas.

Moradores relataram o risco de incêndio embaixo do Viaduto da Lapa, já que pessoas em situação de vulnerabilidade estão lá e fazem fogueiras onde cozinham e se aquecem. Também foi citado o transtorno causado por uma construtora na Vila Romana, por conta do barulho no período noturno, e a necessidade de arrumar a placa da Rua Antônio Brito Marques, ao lado do Viaduto da Lapa, que está envergada. Também foi cobrada a fiscalização em estabelecimentos de prostituição na Lapa, que chegam a colocar placas nas portas.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA