Atleta da região recupera medalhas roubadas

0
512

Foto: PMESP

PMESP
Arthur Nory no batalhão de Osasco com as medalhas recuperadas

O atleta olímpico Arthur Nory é morador da Lapa de Baixo e teve sua casa invadida na última sexta-feira (5) quando dois homens renderam uma mulher que trabalha na residência. Entre os itens roubados estavam 33 medalhas do atleta, que mais do que o seu valor real, possuem um inestimável valor simbólico. O caso foi registrado no 7º DP da Lapa.

Porém, na terça-feira (9) as medalhas foram encontradas em uma lixeira na Rua Teotônio Vilela, em Osasco, dentro de uma caixa de sapatos. A Polícia Militar recebeu uma denúncia anônima e foi ao local onde recuperou os prêmios. Arthur Nory foi pessoalmente até a 2ª Cia. do 14º Batalhão da PM na cidade vizinha para pegar suas medalhas de volta. Embora as principais premiações, a medalha de bronze dos Jogos Olímpicos do Rio de 2016 e a de ouro do Campeonato Mundial de 2019, não estivessem entre as roubadas, já que foram guardadas em outro lugar, o atleta afirma que cada uma delas evoca lembranças e momentos muito importantes de sua carreira.

O caso teve tanta repercussão nas mídias sociais que Neven Ilic, presidente da Organização Desportiva Pan-Americana, chegou a gravar um vídeo falando que iria providenciar a substituição das medalhas de Nory que foram conquistadas nos Jogos Pan-Americanos de Lima em 2019.

A Polícia Civil segue investigando o caso para identificar os homens que entraram na casa de Nory.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA