Memorial e parque são os novos drive-thrus de vacinação

0
257

Foto: Governo do Estado de São Paulo

Governo do Estado de São Paulo
Vacinação da Praça Charles Miller foi desativada na quarta-feira (3)

Desde terça-feira (2) o Memorial da América Latina passou a ser o novo ponto de vacinação da região no formato drive-thru, que substituirá a campanha realizada na Praça Charles Miller, em frente ao Estádio do Pacaembu, que foi desativada na quarta-feira (3). A imunização no Memorial acontecerá das 8h às 17h, com entrada pela Rua Itagipuru, 500 (portão 2). Na sexta-feira (5) o Parque Villa-Lobos também começou a receber os carros para a imunização de idosos. A entrada é pelo Portão 3 da Avenida Professor Fonseca Rodrigues, 1025.

Porém neste sábado (6), os drive-thrus não vão funcionar e as equipes serão remanejadas para as 82 AMAs/UBSs integradas onde está a maior procura pela população. Na segunda-feira (8), está previsto o anúncio do Governo do Estado sobre o novo grupo que será incluído na campanha e após isso será definida a volta do atendimento nos drive-thrus.

Durante a semana a vacinação ocorre de segunda a sexta, das 7h às 19h, em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e no Centro-Escola Geraldo de Paula Souza (Avenida Doutor Arnaldo, 925) das 8h às 17h. A UBS Parque da Lapa também está realizando a vacinação através de drive-thru, sem necessidade de sair do carro. O atendimento acontece na Praça Ary Ramos, na Avenida Passo da Pátria, das 8h às 17h.

No sábado passado (27) idosos relatam que aguardaram horas dentro dos carros para serem imunizados no drive-thru da Praça Charles Miller. No dia seguinte, o governador João Doria esteve no local para acompanhar a vacinação.

Todo o estado de São Paulo retorna à fase vermelha neste sábado (6) que será mantida até o dia 19 devido ao grande aumento de casos, internações e mortes causadas pelo coronavírus. Na fase vermelha só podem funcionar os serviços essenciais como indústrias, escolas, bancos, lotéricas, serviços de saúde e de segurança públicos e privados, construção civil, farmácias, petshops, mercados, padarias, lojas de conveniência, feiras livres, bancas de jornal, postos de combustíveis, lavanderias, hotelaria e transporte público ou por aplicativo, entre outros. Os comércios e serviços não essenciais só podem atender em esquema de retirada na porta, drive-thru e pedidos por telefone ou internet. Academias, salões de beleza, restaurantes, cinemas, teatros, shoppings, lojas de rua, concessionárias, escritórios e parques deverão ficar totalmente fechados ao público.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA